Ir a um casamento ou não? As 6 questões que deve colocar a si própria para saber o que fazer

Ir a um casamento ou não? As 6 questões que deve colocar a si própria para saber o que fazer

Alguns dilemas dão-nos verdadeiras dores de cabeça, por isso, fiquem atentos a esta guia que vos ajudará a decidir!

  • Atualidade
  • Conselhos
  • International
  • Convidados
  • Noivos
  • Humor

O casamento corresponde a um acontecimento muito especial na vida dos casais. A grande maioria das pessoas que são incluídas neste grande momento têm algo a dizer ou a fazer. Se por acaso, perdeu o contacto com o noivo ou noiva, apesar do convite que recebeu, deveria questionar-se sobre a sua presença no evento. Responda a estas perguntas honestamente e perceba se deve ou não ir ao casamento.

guardarLugares e Momentos Solicite informação sobre “Lugares e Momentos ”
Lugares e Momentos

1. Teve contacto com os noivos (ou com apenas um deles) no último ano?

Desejar um “Feliz Aniversário” no Facebook não conta, mesmo que o tamanho do texto que publicou ou que foi publicado no seu perfil a/o possam conduzir para a resposta que está à procura. Se se ficaram pelo “Parabéns, tem um óptimo dia (com um emoji de um bolo)”, a vossa relação é pouco mais que cordial. Se não se relacionaram, nem por Whatsapp porque nem sequer têm um grupo em comum e se não se cruzaram na rua, parece que o seu convite foi em nome do passado que têm em conjunto, pelo que a sua presença ou ausência no casamento seria quase o mesmo.

2. Iria convidá-lo/a(s) ou foram ao seu casamento? 

Se a pessoa em questão marcou presença no seu casamento, deve, então, fazer o mesmo por educação. Se por acaso vai casar-se, sabemos que há pessoas do passado que serão sempre especiais e que, independentemente de tudo, merecem ser convidadas.

guardar1Love4ever PhotographySolicite informação sobre “1Love4ever Photography”
1Love4ever Photography

3. Conhece algum dos restantes convidados do casamento?

Se não conhece nenhum dos seus amigos ou familiares, então isso significa que essa pessoa mudou de vida e, consequentemente, de círculos sociais. Se você sobrevive é porque, de facto, o noivo ou noiva a valoriza de alguma forma. Colocada esta situação, o mais provável é que fique sem companhia no decorrer de toda a cerimónia, à procura de colunas com quem falar e a ter conversas sem conteúdo com o barman. Felizmente, na sua mesa haverá outros convidados pelo que pode falar com eles, mesmo que se sintam tão perdidos como você.

Não quer perder as últimas novidades para o seu casamento?

Subscreva a nossa newsletter

4. Como é que está a sua situação económica?

Todas as pessoas têm momentos em que as suas economias não estão tão bem. Se o noivo ou noiva é uma das suas pessoas favoritas, vai gastar dinheiro com todo o gosto. Se por outro lado, está ainda a considerar a sua presença e a sua conta bancária está em constante luta para sobreviver, o casamento só iria piorar a sua situação pois, corresponderia a um gasto sem diversão nem emoção. Isto não significa que a pessoa não seja excelente e que não mereça a sua preseça, mas às vezes é necessário sermos um pouco egoístas e cuidar de nós próprios. A prenda de casamento, a roupa e todos os detalhes têm custos… e não são baixos!

guardarEfeito Espontâneo" alt="Efeito Espontâneo" src="data:image/png;base64,iVBORw0KGgoAAAANSUhEUgAAAlgAAAGPAQMAAAC6ezyVAAAAA1BMVEXr6+uInxNMAAAACXBIWXMAAA7EAAAOxAGVKw4bAAAANElEQVR4nO3BMQEAAADCoPVPbQ0PoAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAeDF2dAABlQFCOQAAAABJRU5ErkJggg==">Solicite informação sobre “Efeito Espontâneo”
Efeito Espontâneo

 5. Quão mal ficaria se não partilhasse o dia de casamento com ele/ela?

No Facebook, pouco a pouco vai descubrindo que muitos dos seus amigos do passado, quase todos do secundário ou da universidade, estão a decidir casar-se. Apercebe-se disso pelas fotografias ou posts que publicam. Se ficou a saber do casamento desta pessoa, virtualmente, é quase evidente que o noivo/noiva fez bem em não tê-la/o convidado.

6. O que aconteceria se vivessem em lugares diferentes? 

Se tivesse chegado aos seus ouvidos que o noivo/noiva ia mudar-se para a Alemanha, por exemplo, ficaria triste, mas ao mesmo tempo feliz por ele/ela? Se sim, ir ao casamento deve ser a sua escolha pois é mais que claro que iriam sentir saudades um do outro. Se ficaria apenas feliz por ela é porque provavelmente esta pessoa não lhe faria muito falta.

guardarRuy FrançaSolicite informação sobre “Ruy França”
Ruy França

Já sabe se deve ir ao casamento ou não? Se continua com dúvidas é porque quer realmente marcar presença no evento ou porque lhe dá pânico pensar no que as outras pessoas poderão dizer. Nestas circunstâncias, podemos assegurar-lhe que ninguém irá dizer nada, pois os noivos estarão na sua e o mais provável é nem conhecer os restantes convidados.

Dê-nos a sua opinião

Lista de casamentos Zankyou. Receba 100% dos seus presentes em dinheiro!