Porque é que nos beijamos?

Sempre recordará o primeiro que lhe deram e que deu e não há coisa que nos produza mais prazer que recebê-lo. Falamos do beijo, um dos elementos chave na hora de começar qualquer relação, de a manter e uma forma preciosa, quiçá a mais valiosa, de expressar o nosso carinho. Mas, já alguma vez se perguntou porque é que nos beijamos? Se quer saber a resposta continue a ler.

Jaime Neto PhotographyJaime Neto Photography
Jaime Neto Photography

Estamos todos de acordo que o beijo é um dos pilares básicos de qualquer relação e uma das formas mais baratas e sinceras de expressar o nosso amor mas, porque é que é de esta forma e não batendo as mãos, abraçando-nos ou a assobiar? Um estudo levado a cabo por cientistas da Universidade de Oxford parece ter luz para esta questão: os beijos ajudam-nos a eleger a nossa cara-metade, mas também a mantê-la ao nosso lado. E a chave de isto tudo está em descobrir a nossa compatibilidade genética.

It's all aboutIt's all about
It’s all about

Os investigadores do Departamento de Psicologia Experimental da Universidade de Oxford, basearam o seu estudo nas três explicações sobre o porquê dos beijos normalmente aceites entre os cientistas: que  ajudam a avaliar a qualidade genética dos casais potenciais, que se utilizam para aumentar a excitação (para iniciar o sexo, por exemplo); e que são úteis para manter relações.

Depois de submeter 900 adultos a um questionário online descobriram que o beijo era mais importante para as mulheres que para os homens na relação e que os homens e mulheres que se consideravam atractivos, ou que costumavam ter relações mais fugazes e encontros casuais, também apontaram os beijos como o mais importante. A partir daí, os cientistas deram conta de que são os grupos com maior capacidade de selecção na hora de encontrar um parceiro os que dão maior importância ao beijo que também pontuaram mais em relacionamentos duradouros que naqueles casais que tinham uma relação mais esporádica.

Foto RodrigoFoto Rodrigo
Foto Rodrigo

Estes dados, que segundo os investigadores apontam o beijo como um mecanismo selectivo na hora de encontrar o nosso parceiro, coincidem com estudo anteriores que mostravam que o beijo tinha um papel muito importante na selecção do homem ou da mulher da sua vida. Como? A partir do gosto e olfacto: como sabe e cheira o nosso parceiro, gostamos mais ou menos. E, surpresa! Esta maior ou menor atracção coincide com a nossa maior ou menor compatibilidade genética.

A chave de tudo isto está em que, ao beijarmo-nos, o homem oferece à mulher uma dose de testosterona misturada com a sua saliva. Com esse intercâmbio hormonal, o nosso organismo tem dados suficientes para avaliar a compatibilidade do nosso sistema imunitário com o do nosso candidato e, asseguram os cientistas, quanto mais compatível é o nosso sistema imunológico, mais atraídos nos sentimos depois desse beijo.

José D'OliveiraJosé D'Oliveira
José D’Oliveira

Assim, aquele que é um dos gestos mais bonitos e românticos de qualquer relação, os beijos também nos ajudam a comprovar se o nosso parceiro é verdadeiramente compatível connosco e a mantê-lo ao nosso lado ao longo dos anos. Com todas estas vantagens, já não tem desculpas para não pedir beijos à sua cara-metade: Beijem-se muito!

Se gostou deste artigo, não se esqueça de ler os 10 hábitos para um casamento feliz: o número 6 faz toda a diferença e Como ter uma vida sexual feliz segundo a ciência?

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Mais informação sobre

Dê-nos a sua opinião

Porque a perfeição nas relações não existe e nós não nos importamos
Porque a perfeição nas relações não existe e nós não nos importamos
A ficção das telas de cinema conferiram-nos estereotipos românticos que se converteram à normalidade de um casal. A...
Detail Life Style Photography: “Cabe-nos a nós ser os olhos dos noivos”
Detail Life Style Photography: “Cabe-nos a nós ser os olhos dos noivos”
A Detail Life Style Photography não foi planeada. Simplesmente aconteceu. Hoje, conta com o trabalho de um conjunto...
Foto Lounge Fotografia
Sobre a maternidade: 10 coisas que nunca nos dizem que podem acontecer!
Quando ainda não temos filhos e estamos a ponderar ter o primeiro ou até já temos o primeiro a caminho, deixamos-no...
Baby shower: o que é, quem faz, onde e quando é feito e porque você também tem de fazer um!
Baby shower: o que é, quem faz, onde e quando é feito e porque você também tem de fazer um!
Muito popular no Brasil, Estados Unidos e uma mãe cheia de países europeus, o baby shower só agora começa a tornar-se um fenómeno em Portugal. A ideia é celebrar o bebé e encher a mãe de mimos e prendas. E há lá melhor coisa para se celebrar?
The Quinta - My Vintage Wedding in Portugal
Porquê optar por uma festa-cocktail: 7 razões que vos irão convencer!
A maior parte dos casais já não procura, hoje em dia, uma festa tradicional, mas uma celebração exuberante, dinâmica e menos formal... Uma das opções mais in do momento são as festas-cocktail, que rasgam com os clássicos menus e que surpreendem pelas suas versatilidade e desenvoltura. Venham conhecê-las!
Foto Paper Moons with Diana Nobre
Porquê casar? 20 razões para dizer que sim
Porque a sua família cresce. E família é tudo.

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

Trabalha no mundo dos casamentos?
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação