Publicidade
Emoções negativas e felicidade podem estar de mãos dadas

Emoções negativas e felicidade podem estar de mãos dadas

Nem sempre o que parece é. É por isso que existem as palavras incoerência, ambíguo ou ilógico. Mas tudo tem uma explicação. Até o facto de expressarmos emoções negativas deixarem-nos felizes

Emoções negativas e felicidade podem estar de mãos dadas
Filipe Santos - Fotografia
  • Atualidade
  • Felicidade

Os dias são de felicidade. Você vai finalmente casar! O pior é que uma situação inusitada fê-la sentir-se muito mal. Não se culpe. É natural. E mais natural ainda é expressar esse sentimento negativo. Não guarde para si, liberte-se!

Publicidade

As pessoas são mais felizes, se conseguirem expressar o que sentem, mesmo que não seja nada de agradável, conclui um estudo recente, desenvolvido por investigadores israelitas.

guardarFilipe Santos - Fotografia Marque já uma reunião com Filipe Santos - Fotografia
Filipe Santos – Fotografia

A pesquisa teve como base os sentimentos de raiva e ódio, por isso não se generaliza a todo o tipo de emoções negativas. Seja como for, conclui claramente que é de extrema importância deixar “sair” o que sente. A sensação de alívio e de libertação ajuda a lidar com o problema. Outra surpresa tem a ver com o sentimento esperado. Se a pessoa acha que certa situação deveria ter-lhe provocado dor, sente-se mais feliz se realmente a tiver sentido.

Para chegarem às suas conclusões, os pesquisadores basearam-se em 2300 estudantes universitários do Brasil, Estados Unidos, China, Alemanha, Gana, Polónia, Israel e Singapura. Começaram por perguntar-lhes sobre as emoções que cada um tinha e as que desejavam sentir. Depois, avaliaram as respostas com a forma como estes avaliavam os seus níveis de felicidade e satisfação. Conclusão: felicidade é muito mais que ter prazer ou evitar a dor.

Não quer perder as últimas novidades para o seu casamento?

Subscreva a nossa newsletter

guardarAguiam Wedding Photography Marque já a sua reunião com Aguiam Wedding Photography
Aguiam Wedding Photography

Senão vejamos, 11% dos participantes desejavam ter menos emoções positivas, enquanto 10% queria ter sentimentos negativos, contou à BBC a autora principal do estudo, Maya Tamir. Mas se tivermos em conta que estes sentimentos desejados têm a ver com situações concretas, a surpresa por estas percentagens deixa de fazer sentido. Por exemplo, se um individuo não sente raiva quando lê ou ouve sobre algo negativo, como é o caso do abuso infantil, pensa que deveria ter sentido.

A pesquisadora da Universidade Hebraica de Jerusalém dá ainda o exemplo de uma mulher que não consegue deixar o marido, que abusa dela. Neste caso, a mulher gostaria de não amar tanto o esposo, porque seria mais feliz se conseguisse  libertar-se dele.

guardarFilipe Santos - Fotografia Marque já uma reunião com Filipe Santos - Fotografia
Filipe Santos – Fotografia

Este estudo é, contudo, acusado de ser limitado, precisamente por só ter tido em conta os sentimentos de raiva e ódio. Anna Alexandrova, do Instituto de Bem-Estar da Universidade de Cambridge (Reino Unido) chega mesmo a afirmar que a pesquisa de Tamir coloca em causa o conceito tradicional de felicidade, como equilíbrio entre emoções positivas e negativas. “O ódio e a raiva podem ser compatíveis com a felicidade, mas não há indícios de que outras emoções desagradáveis, como o medo, a culpa, tristeza e ansiedade o sejam”, argumentou.

A cientista defende o seu estudo, afirmando que este chama a atenção para a importância que as pessoas dão à felicidade e a pressão (negativa) que isso lhes provoca.

guardarFilipe Santos - Fotografia Marque já uma reunião com Filipe Santos - Fotografia
Filipe Santos – Fotografia

Por fim, Maya Tamir sente necessidade de lembrar que o seu estudo não se aplicar a pessoas com depressão, porque quando estão em baixo querem sentir-se ainda mais tristes e menos felizes que as outras.

Voltemos a outro motivo de felicidade, o dia da sua boda. Quer um casamento feliz? Aqui fica uma lista de conselhos definitiva, realista e directa.

Já agora, aqui ficam 8 conselhos para fazer os convidados de casamento felizes.

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Filipe Santos - Fotografia Fotógrafos e vídeo
Aguiam Wedding Photography Fotógrafos e vídeo
Publicidade

Dê-nos a sua opinião

Receba 100% dos seus presentes em dinheiro!