Porque o amor não percebe nada de quilos: esta é a emocionante mensagem que todos deveríamos ler

Mesmo as mensagens que procuram mudar o mundo acabam por ser incompletas. Sim, quando se fala que o amor não tem idade, raça, religião ou sexo, esquecemo-nos de um milhão de factores que também deveriam ser reconhecidos. E o peso e a atracção física? Importa? 

Jazz, uma jovem do Instagram com excesso de peso, partilhou fotografias com o seu marido na praia. E também uma mensagem que, aqui na Zankyou, queremos partilhar.

Photo : a_body_positive_jazzy

“Sei que o meu corpo não é perfeito” 

Jazz destaca-se por ser autêntica, realista, orgulhosa e, sobretudo, corajosa. Aliás, nem deveríamos estar a descrevê-la assim,  mas a sociedade contaminada com os “estereótipos perfeitos” obriga-nos a utilizar estas palavras para caracterizar pessoas sem complexos.

Há três semanas atrás, a jovem partilhou uma fotografia sua e do seu marido na praia, onde é possível observar a diferença entre os dois corpos: ela, com um corpo mais voluptuoso do que o determinado pelo vil e injusto estereótipo; ele, com uma figura atlética e muito trabalhada no ginásio. A dita fotografia veio acompanhada por um testemunho revelador, com o qual muitos(as) jovens se identificaram, contando já com cerca de 100.000 likes e mais de 4000 comentários! E diz assim:

Ano após ano, este homem amou cada curva e cada estria do meu corpo. Nunca tinha percebido porquê. Como poderia querer algo que não é ‘perfeito’? Como poderia um homem ‘naturalmente em forma’ amar alguém como eu? Não tenho a barriga lisa, o meu corpo mexe-se todo quando caminho e, para além disso, faz ‘clap’ se tenho de subir as escadas muito depressa. Mas agora sei que tenho um corpo ‘perfeito’! Cada ‘rolinho’, cada curva e cada estria estão aqui para nos fazer felizes aos dois. Gosto do meu corpo e, finalmente, percebo porque é que ele também gosta!”

View this post on Instagram

Over the years this man has loved every curve, every roll, and every stretch mark on my body. I never understood why! • How could he love something that isn't "perfect"? How could a man who was "born fit" love someone like me! I don't have a flat stomach, I jiggle when I walk, hell if I run up the stairs to fast my body claps (lmao)!! But now I see I do have the "perfect" body!! Every roll, every curve and every stretch mark is put on me just perfect to make both of us happy!!! I love my body and I finally see why he does too!! • • Photo credit: @ryanwmedia • • • #effyourbeautystandards #effyourbodystandards #everyoneisbeautiful #tummylove #youarebeautiful #aspiringmodel #aspiringplussizemodel #celebratemysize #curvysensedoll #confidence #lovemybody #lovemybelly #loveyourbody #selflove #summerbody #bikini #bikinibody #bodylove #bodypositive #bodypositivity #womenofallsizes #support #love #positive #plussize #positivity #plussizegang #positivevibes #youarebeautiful

A post shared by Jazzy (@a_body_positive_jazzy) on

A confiança em si própria, imprescindível!

Esta mensagem está repleta de optimismo e tem a capacidade fazer sorrir e apertar o coração de qualquer pessoa, tenha excesso de peso ou não. Jazz é perfeita aos olhos do seu marido, porque ele olha para ela sem complexos. Os quilos, as estria ou as curvas não importam. Na verdade, tudo junto faz de Jazz uma mulher atraente para ele. É ela, sem mais nada. E ela é assim

Ele já o sabia. Mas agora, Jazz também “viu a luz”. Sentir-se bem connosco próprios, independentemente do nosso aspecto, é o primeiro passo até à aceitação.

A mensagem de Jazz comoveu milhares de mulheres em todo o mundo, tornando-se mesmo viral. E não é para menos! Não só é uma fotografia ou um testemunho, é uma filosofia de vida. Só esperamos que a mensagem se continue a difundir e mude a mentalidade das pessoas em relação ao número marcado pela balança. Acha mesmo que esse número é mais importante do que o amor? Não, de todo!

Rihanna, vítima de gordofobia

Durante as últimas semanas, foram publicadas numerosas notícias sobre o novo aspecto da cantora  Rihanna, pois ao que parece a estrela de Barbados aumentou um pouco de peso e um famoso portal de desporto, Barstool Sports, encarregou-se de noticiar o “acontecimento”. Concretamente, foi Chris “Spags” quem redigiu um artigo tremendamente infeliz – que entretanto já foi reformulado – cujo título não deixou ninguém indiferente: “Conseguirá Rihanna fazer da gordura uma moda?”.

O artigo está cheio de referências à sua anterior imagem, ao mesmo tempo que o jornalista lamenta a mudança da artista, esperando que se deva a uma gravidez. O post foi muito criticado pela sua alta percentagem de gordofobia – a discriminação das pessoas com excesso de peso – e machismo, nomeadamente através de manifestações de desagrado contra este tipo de atitudes através das redes sociais e meios de comunicação (e apesar do redactor ter tido muito gente a apoiá-lo).

Na Zankyou fazemos o mesmo, partilhando não só a mensagem de Jazz para acabar com os preconceitos de uma vez, mas também esta história e reacção de Rihanna, tão genial como sempre. Com efeito, a cantora respondeu com um meme de Gucci Mane, rapper que mudou consideravelmente de aparência, dizendo no texto: “Se não consegues aceitar o Gucci Mane de 2007, não mereces o Gucci Mane de 2017”. Bastante claro, não acha?

View this post on Instagram

😢

A post shared by badgalriri (@badgalriri) on

Jazz demonstrou que aceitarmos o nosso corpo é vital para nos sentirmos bem, para gostarmos de nós próprios e, simultaneamente, acabar com os preconceitos. Todos deveríamos seguir a sua filosofia de vida!

Se gostou deste post leia também Este jogador da NFL utilizou o seu casamento para ajudar cães abandonados e Uma história adorável: uma menina confundiu uma noiva com a “princesa” do seu livro favorito!

Dê-nos a sua opinião

A verdadeira feminilidade: o poema viral de uma menina que todos deveríamos ler
A verdadeira feminilidade: o poema viral de uma menina que todos deveríamos ler
Uma menina de oito anos escreveu um poema extraordinário que revela a sua visão de um mundo imperfeito
Foto: João Almeida
Dormir acompanhado afeta a saúde dos casais. Deverão dormir em camas separadas?
Dormir acompanhado provoca problemas de saúde. Saiba porquê e relaxe, que ninguém lhe vai dizer para dormir em camas separadas...
Créditos Foto: Getty Images
Angelina Jolie e Brad Pitt: reconciliação à vista?
A Internet ficou louca com a notícia do divórcio da Brad Pitt e Angelina Jolie. E agora anda louca com uma possível reconciliação! Será "bom demais para ser verdade"? ... Ou será que não?

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar na Zankyou!
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação