30 anos, e agora? 10 coisas que deve saber!

Uma das lições do Diário de Bridget Jones é que a vida das mulheres na casa dos 30 anos pode ser uma comédia real, especialmente no amor… Para falar sobre a melhor forma de se adaptar aos novos 20, fizemos uma compilação de situações sobre as quais deve refletir. Se completou 30 anos há pouco tempo e ainda se está a habituar à ideia, nós ajudamos!

Foto: João Almeida

1. Há dias imprevisíveis

Literalmente. Há dias em que não tem ideia do que fará no dia seguinte, ou depois de amanhã. Em geral, o seu futuro não é claro. O lado positivo é que tudo é possível! Por isso, qualquer que seja o projeto que tenha em mente, meta mãos à obra e faça acontecer! No dia-a-dia, aproveite a imprevisibilidade para viver os pequenos momentos da vida com mais intensidade.

Foto: Across the Mountains

2. Saiba que ainda é jovem

Ao longo da vida disse a si mesma que era muito jovem para entender certas coisas. Impostos? O que é isso? Comprar o seu próprio carro? Ainda não. Chegar a tempo para uma refeição familiar? Nah! E então, pôde sempre contar com a sua mãe ou avó para a defender, “Oh, a culpa não é dela, ela ainda não entende essas coisas”. Ainda que as responsabilidades tenham vindo para ficar, a sua família e amigos não têm de deixar de ver o seu lado mais jovem só porque fez 30 anos e agora é uma mulher responsável. Não deixe de se divertir.

Foto: Across the Mountains

3. Cada vez mais exigente com o sexo oposto

Decidiu partir à descoberta de si mesma – e dos outros. Aos 30 anos não se quer contentar com pouco e quer escolher bem quem quer ter ao seu lado. E faz muito bem! As suas amigas dizem que chegou a hora de assentar, mas ainda não descobriu quem é o par ideal para si: o David, o seu amigo de infância, o Carlos, o rapaz que conheceu na discoteca no ano passado, ou o Guilherme, o seu professor de salsa. Seja quem for, deverá ser alguém que a faça sentir confortável e que esteja ao seu lado na conquista dos seus objetivos. Não deixe de fazer as 9 perguntas que deve colocar ao amor da sua vida antes de casar.

Foto: Momento Cativo

4. Mais respeito por si própria

As amizades também mudaram. Que o diga a Rita que já percebeu que não vale a pena tentar levá-la a fazer algo com o qual não se sente bem. Há pessoas com as quais cortou laços e outras que nem sequer deixa entrar na sua vida. A sensação pode ser estranha, mas colocar-se em primeiro lugar é um ótimo sinal de individualidade e respeito pela sua existência. Não se penalize por isso.

Foto: João Almeida

5. As rugas e os cabelos brancos não existem!

Continua a usar apenas cremes hidratantes em vez de antirrugas e acha que o seu cabelo continuará castanho para sempre. A pele, por sua vez, permanecerá sem estrias, firme e luminosa. Não queremos deixá-la deprimida, mas não acontece só aos outros. Quanto mais cedo aceitar as mudanças do seu corpo, menos impacto isso terá para si. Aceite e sorria. Adapte-se e viva em pleno a idade que tem! Acredite que esta é a melhor idade da sua vida!

6. A sua mãe ainda prepara as suas refeições

Alguns domingos são sinónimo de reuniões familiares, mas também de encher as tupperwares. Não vale a pena negar! Se os 30 lhe deram o desejo de ser independente, está na altura de aprender a cozinhar. Faça um workshop ou compre um livro de receitas e aventure-se na cozinha. Afinal, quando casar a sua mãe não vai estar lá para cozinhar para si.

Foto: Momento Cativo

7. Bem-vindo à minha vida, amor!

Para aqueles que encontraram amor, é chegada a hora de pensar em dar o passo seguinte: partilhar uma vida em comum. Aos 30 anos é quando geralmente estamos mais maduras e sabemos exatamente o que queremos e, melhor ainda, o que não queremos. Se está numa relação que já deu o que tinha a dar, poderá estar na hora de seguir em frente. Se, ao contrário, possui uma relação estável, talvez esteja na altura de pensar em partilhar o dia-a-dia com o seu mais que tudo. Conheça os 8 motivos para casar jovem, porque o amor não escolhe idades.

Foto: Across the Mountains
Foto: Across the Mountains

8. Não hesite em assumir riscos

Viajar, testar vários trabalhos, mudar de cidade, parar de estudar, recomeçar aquele curso que deixou a meio… A vontade de mudar de vida já não acontece só aos 20. É por volta dos 30 anos que, com mais maturidade, tomamos as melhores e mais conscientes decisões das nossas vidas. Preparada?

9. Descontos para estudantes

Ok. Já fez 30 anos, mas isso não significa que tenha que colocar de lado o seu cartão de estudante. Enquanto a aparência jovem for sua aliada, use e abuse dos descontos a que já não tem direito e aproveite a vida com o que ela tem de melhor.

Foto: Across the Mountains

10. Mudança de look

É a altura ideal para mudar de visual e sentir-se bem na sua pele. Há quanto tempo não muda de penteado ou compra uma peça de roupa nova para testar um look sobre o qual sempre teve curiosidade, mas nunca experimentou? Aos 30, todos os looks ficam bem. Esteja aberta à mudança.

Poderá também gostar de ler:

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Mais informação sobre

Dê-nos a sua opinião

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar na Zankyou!
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação