Engravidar? Agora não, obrigada! Saibam quando está na hora!

E depois daquela aliança maravilhosa no dedo, num dos dias mais felizes das vossas vidas; daquela lua-de-mel espantosa perante o cenário idílico que sempre imaginaram; a pergunta do dia é… “E então? O bebé? Já vem a caminho?” Ou: “Quantos filhos pensam ter? Está na hora de começarem a pensar nisso!

Filipa Maniés Fotografia

Ter um filho, constituir família, é uma das maiores preocupações de qualquer casal. Aliás, muito além de ser uma preocupação, é uma das mais importantes decisões na vida de qualquer casal. São novas responsabilidades, um inteiro mundo novo, um sem número de prioridades novas… Uma vida a estrear!

Além de ser difícil lidar com pressão do Mundo em geral – da mãe, da sogra, do pai, do sogro, da cunhada, do cunhado, da prima, do primo, do canário, do periquito… – torna-se difícil lidar também com a pressão que se gera, dentro do coração da mulher, por exemplo. (Assim não dá Mundo! Assim não dá! Como esperam que saibamos, com tantas vozes exteriores, o que diz exatamente a nossa voz interior?)

Filipa Maniés Fotografia

(E se a nossa voz interior disser que ainda não chegou a hora certa? Por favor, não nos digam que a idade avança… A idade avança, de facto, sim! Mas, a medicina também!)

E contas feitas, qual o momento certo para engravidar?

Lamento desiludir-vos mas a resposta a essa pergunta é um redondo ponto de interrogação! Será que o momento certo existe mesmo?

Segundo alguns estudos, não. Depende de pessoa para pessoa, de casal para casal. Depende do estilo de vida, do nível de cumplicidade e de intimidade de cada um… Mas existem alguns factos relacionados com o momento ideal para serem pais, que vos deixamos:

  • Três anos após o casamento, é possível ao casal ter uma perceção completa das atitudes, reações e comportamentos do seu par, o que pode ajudar a uma decisão definitiva a respeito da maternidade;
  • Um emprego estável, confere estabilidade e segurança ao casal – o que ajuda na extensa lista de enxoval que um bebé requer.
Foto: Filipa Maniés Fotografia

Nos dias de hoje, é cada vez mais recorrente os casais adiarem a maternidade e a paternidade, além da idade “limite” recomendada para serem pais. E ao invés de conceberem um pequeno trio, por exemplo, acabam por ter um filho apenas. Não há muitos anos, seria algo completamente fora do normal e dir-se-ia a propósito: “então não vão dar um pequeno irmão para o pobrezinho?”.

Engravidar depois da “idade própria” faz-nos supor outra problemática… Afinal as mulheres não têm um… “Prazo de validade”? Bem, a verdade é que é cada vez mais comum encontrar mulheres que decidem adiar a gravidez, engravidando assim mais tarde. E bem, trata-se no fundo, do resultado natural e expectável da vida acelerada e moderna da sociedade.

Wendy Creating Moments. Foto: Plumeria

Atualmente, felizmente, permitem-nos também que a gravidez vá da mais natural, ao congelamento de óvulos. E a maternidade estende-se pela adoção.

Muitos pares, hoje em dia, casam com o seu rebento a caminho ou tendo sido pais, optam por celebrar o casamento e o batizado no mesmo dia – duplamente especial, portanto!

Jaime Neto Photography
Foto: Jaime Neto Photography

Para as fantásticas mulheres que me leem e porque, por hoje, me despeço de vocês, não se deixem pressionar de forma alguma. Muitas estarão preparadas para ser mães antes dos 20 anos. Outras não muito antes dos 40 anos. E algumas sentirão que não estão e nunca estarão preparadas para a maternidade – e e essa é uma decisão vossa!

A sociedade e o meio onde estamos inseridos por vezes poderá confundir-vos, enquanto par, enquanto casal. Mas saibam que o momento certo é vosso… Só vosso!

Veja também:

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Mais informação sobre

Dê-nos a sua opinião

Como conviver em casal: 5 passos para acertar no caminho para a felicidade
Como conviver em casal: 5 passos para acertar no caminho para a felicidade
Quando se vive com alguém, a grande pergunta é: o que pode ser feito para que corra tudo bem? E cá estamos nós, com as respostas.
Detail Life Style Photography
Nervosos para o primeiro encontro? Saibam como superar a timidez!
Abstraia-se do nervosismo que se está a apoderar do seu corpo e combata a "vergonha" que poderá impedir o experienciar de momentos agradáveis com uma pessoa interessante
Foto: Por Magia - Photography
Como cuidar da auto-estima em casal: 7 passos para o conseguir
A melhor forma de amar alguém é começar por se amar a si próprio. Desta forma poderá ajudar a sua cara-metade a fortalecer a sua auto-estima e garantir que nada vos debilite

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar na Zankyou!
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação