Plantada no altar? 5 grandes formas de superar o eventual (mas altamente improvável!) "trauma"

Plantada no altar? 5 grandes formas de superar o eventual (mas altamente improvável!) "trauma"

E se ele se arrepender (lagarto, lagarto!)? O que eu faço se ele me deixar lá plantada? Como é que eu lido com a vergonha? Neste artigo, vamos ensiná-la a lidar com estes pensamentos negativos, que a deixam ainda mais ansiosa, dando-lhe as soluções para ultrapassar o "trauma"... que não vai acontecer!

Plantada no altar? 5 grandes formas de superar o eventual (mas altamente improvável!) "trauma"
Photo by Petr Ovralov on Unsplash
  • A Noiva
  • Conselhos
  • Noivos

Os dias que antecederam o dia do casamento estão cheios de stress, expectativas e muitas dúvidas. E não é só porque sonha que tudo seja perfeito, mas porque está prestes a tomar uma das decisões mais importantes da sua vida. É normal que comece a questionar as suas decisões, o seu relacionamento e todos os cenários prováveis.

E se ele se arrepender (lagarto, lagarto!)? O que eu faço se ele me deixar lá plantada? Como é que eu lido com a vergonha? Sabemos que essas questões já passaram pela sua cabeça, mesmo que tenha sido por um instante em que o seu lado mais irracional veio ao de cima. No entanto, essas dúvidas não fazem nada a não ser deixá-la ainda mais nervosa, e nós não queremos isso. Neste artigo, vamos ensiná-la a lidar com estes pensamentos negativos, dando-lhe as soluções para ultrapassar o “trauma”… que não vai acontecer! É só para ficar mais descansada…

Se já teve pesadelos sobre ser abandonada no dia do casamento – e embora tenhamos certeza de que isso não acontecerá consigo (assim esperamos) – aqui ficam 5 alternativas ou formas para superar a dor e não deixar que o melhor dia da sua vida seja o pior.

1. Continue a festa

Embora pareça algo completamente impossível e, de repente, até mesmo humilhante, estará tudo pago. Pode haver serviços que pode cancelar, mas outros, como a alimentação, por exemplo, não podem ser devolvidos. Vai deitar comida fora? Porque não juntar a sua família e amigos para que eles se encarreguem de todos os esforços de modo a que a festa continue, de alguma forma. Pode não se sentir bem no início, e ninguém a vai julgar por isso, mas todo o seu esforço dos últimos meses não pode ter sido em vão.

2. Transforme o vestido numa obra de arte

Não quer perder as últimas novidades para o seu casamento?

Subscreva a nossa newsletter

Há algum tempo atrás, Shelby Swink foi abandonada pelo namorado seis dias antes do casamento. Em vez de ficar deprimida, a jovem americana decidiu avançar com a festa, vestiu o vestido de noiva e fez uma guerra de tintas coloridas com os convidados, enquanto tirava uma sessão fotográfica. “A partir do momento em que a pintura ficou estampada no meu vestido, senti-me livre”, explicou a jovem.

E para continuar a sorrir, chorar ou extravasar não perca estas 7 sugestões de filmes sobre casamentos.

guardar
Foto: NY Daily News
guardar
Foto: NY Daily News

3. Escreva um livro

E fique rica! Não há melhor bestseller do que uma história de amor (e desgosto, vá), cura e renascimento? Foi isso que a jornalista Kimberly Kennedy fez quando escreveu o seu livro Abandonada no altar: a minha história de esperança e cura para todas mulheres que sentiram o desgosto da rejeição. Se ajudar outras mulheres que passaram pelo mesmo e tornar-se famosa é algo que se imagina a fazer, esta é uma excelente opção.

4. Fale com os seus advogados

E “dê cabo dele”. Não para obrigá-lo a casar-se consigo, até porque o mal já está feito. Mas para recuperar o seu investimento, pois certamente investiu muito tempo e dinheiro naquele que julgava ser o seu conto de fadas (que ingénua!). Então, se não estiver disposta a ficar lesada porque ELE mudou de ideias, prepare-se para iniciar uma batalha legal.

Leia também: Os 5 principais motivos que levam à rutura dos casais

guardar
Photo by Gregory Hayes on Unsplash

5. Aproveite a sua lua-de-mel

Todos nos lembramos de Carrie, da famosa série Sex in the city, depois que Big mudou de ideias. As amigas de Carrie alteraram os planos da lua-de-mel e levaram-na para o México, para aproveitar as suas férias de sonho, sem a necessidade do ex-futuro-marido. Claro, nos primeiros dias pode não querer sair da quarto, só querer dormir e chorar, mas é bem mais provável que queira sair da cama se estiver num local maravilhoso, do que na cidade onde tudo a faz lembrar os momentos que passaram juntos. Além disso, a companhia das suas amigas pode tornar a dor muito mais suportável.

Leia também: 10 ilhas maravilhosas e pouco visitadas perfeitas para luas-de-mel e… férias!

guardar
Photo by Wadé on Unsplash

E se nenhuma destas alternativas a convencer, temos mais algumas: viaje pelo mundo, faça um retiro espiritual, mude de cidade e conheça gente nova. Quem sabe se a sua verdadeira alma gémea não anda por aí à espera de a encontrar?!

Sabemos que não vai querer perder: