Publicidade
Será que os casais mais felizes partilham a sua relação nas redes sociais?

Será que os casais mais felizes partilham a sua relação nas redes sociais?

Se sente tanta necessidade de partilhar a sua relação nas redes sociais, devia perguntar-se a si própria se o que sente pelo seu noivo é mesmo amor. Há um estudo que explica o comportamento dos amantes nas redes sociais. Fique para ler este artigo e veja qual é o seu caso

  • Vida a Dois
  • Conselhos
  • Msn
  • Romântico
  • Casal

Já lá vai o tempo em que os amantes escreviam cartas apaixonadas um ao outro. E também já lá vai o tempo em que as cartas eram lidas só por eles. A ansiedade para que o correio batesse à porta era típica de uma época, em que o romantismo ainda se fazia só entre duas pessoas. Agora, com as redes sociais, tudo mudou. O que se sente é partilhado por milhares. Não interessa quem. Até porque muitos dos “amigos” nem são assim tão amigos. Hoje, o que não passa pelo Facebook, para todos os efeitos, é como se não existisse. Mas terá que ser realmente assim?

guardar
Foto: Feel Creations – Wedding Photo & Film
Publicidade

Ainda há alguns resistentes – os que se recusam a anular a sua intimidade e individualidade. Continue a ler este artigo e saiba se os casais mais felizes sentem necessidade de partilhar a sua relação nas redes sociais.

Já agora, vá lendo as 5 coisas que não deve partilhar nas redes sociais antes do seu casamento.

guardar
Foto: SLcasamentos

A utilização excessiva da internet e tudo o que esta proporciona é um pau de dois bicos. Como tudo, tem o seu lado positivo e negativo. Este tema daria para uma dissertação, mas vamos ser sintéticos. As redes sociais têm um lado lúdico que pode ajudar os seus utilizadores a passar o tempo. Graças a estas, podemos até reconstruir uma imagem de nós próprios. O pior é que a exposição social excessiva pode sair cara. Há muita gente que já foi perseguida fisicamente por seguidores do Facebook ou Twitter, por exemplo. Sem falar no lado viciante. Já circulam comics pela net a ridicularizar aqueles que não conseguem passar sem fazer um like em post alheio ou a postar a sua última tarefa. Muitas vezes os próprios autores dessas peças não conseguem passar mais de 10 minutos sem ver se caiu alguma coisa no seu mural.

Não quer perder as últimas novidades para o seu casamento?

Subscreva a nossa newsletter

guardar
Photo by rawpixel on Unsplash

As redes sociais muito rapidamente passaram a ser uma ferramenta chave na maior parte dos sectores de atividade. Uma empresa que não tenha uma página de Facebook já não é vista com bons olhos. E, através das suas páginas, as firmas aproveitam para divulgar as suas novidades, produtos ou serviços. Já existem inclusive pessoas (que trabalham a título individual) que ganham (dinheiro) consoante os likes que conseguirem obter com as suas publicações.

guardar
Photo by Pavel Nekoranec on Unsplash

Embora seja normal e até saudável ter orgulho na relação que tem com o seu parceiro, publicar informação sobre a mesma pode transmitir muito sobre a sua personalidade.

Um estudo, levado a cabo pela Faculdade de Medicina da Universidade de Pittsburgh, concluiu que as pessoas que menos precisam do “escape” rede social são mais felizes. A depressão está interligada com o seu uso excessivo. Brian Primack, líder dessa investigação, teme ainda que as pessoas que se sentem deprimidas e recorram às redes sociais para melhorar o seu estado, saiam ainda mais debilitadas.

guardar
Foto: Feel Creations – Wedding Photo & Film

Quando estamos de bem com a vida e com a relação, por norma, não nos ocorre tirar fotos e partilhá-las como se quiséssemos dizer “eu estou aqui, existo e sou feliz“. Se você estiver mesmo feliz, vai querer perder tempo agarrado a um computador?! De certeza que vai preferir usufruir da companhia física do seu amor.

Mas porque qualquer relacionamento tem altos e baixos, momentos bons e outros… menos bons, aqui ficam alguns conselhos para uma relação saudável e feliz.

E se sente tanta necessidade de partilhar a sua relação nas redes sociais, devia perguntar-se a si própria se o que sente pelo seu noivo é mesmo amor. Fique para ler: Será que é amor? Existem 8 efeitos físicos que o denunciam! Venham conhecê-los!

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

SLcasamentos Fotógrafos e vídeo
Publicidade

Dê-nos a sua opinião