Ikigai: A receita japonesa para a felicidade

A palavra Ikigai (生き甲斐) é originária da ilha de Okinawa, no Japão. Ikigai é a procura do que nos motiva e do que nos faz feliz. Os habitantes centenários da vila de Ogimi, descobriram o verdadeiro sentido da vida. Para os japoneses, todos nós temos o nosso próprio Ikigai. O conceito de Ikigai, é a receita japonesa para a felicidade e longevidade. Quer saber mais? Na Zankyou, contamos-lhe tudo.

Foto: AhHA! Photos

Ikigai é mais do que uma palavra atribuída de significado. É um conceito, aparentemente desconhecido, não fosse o facto de que todos o possuímos. Ikigai é aquele sentimento que nos motiva todos os dias a fazer mais e melhor. É o que dá sentido à vida. Descobrir o nosso propósito, é o que nos faz verdadeiramente felizes. E é importante perceber as pequenas mudanças que podem fazer toda a diferença na nossa vida.

Foto: 1Love4Ever Photography

Não é ao acaso que Ogimi, uma vila japonesa, em Okinawa, bateu o recorde de centenários no Guiness. E desengane-se quem pensa que esta filosofia defende que devemos abrandar o ritmo. Muito pelo contrário, este conceito japonês incentiva as pessoas a manterem-se ativas, encontrando a sua verdadeira paixão, aquela que é capaz de mover montanhas. E nada melhor do que a realização, para nos fazer sentir felizes e serenos.

Foto: Por Magia

Há muito que existem estudos que indicam que perder o objetivo de vida, a força que nos move, pode ter um efeito prejudicial no corpo e na mente. Exemplo disso, é a propensão para adoecer quando nos reformamos. E bem sabemos que a maior dificuldade de uma pessoa ativa é aceitar a reforma com passividade, como de de repente a agitação da vida se transformasse num nada ensurdecedor. Por isso, a interação social é tão importante.

Foto: 1Love4Ever Photography

Um dos maiores segredos para uma vida longa, segundo os habitantes de Ogimi, é a regra dos 80 por cento: alimentar-nos em menos de 80 por cento da nossa fome. Isso vai ajudar as células a oxidarem de forma mais lenta. Logo, a digestão é mais rápida e eficaz. Mas há mais! O Ikigai pode ser encontrado na ligação entre o que sabemos fazer bem e o que realmente gostamos de fazer.

Saiba como tirar mais partido das suas refeições com Superalimentos.

Foto: Palacete Dona Maria

Já alguma vez se questionou: “O que é que eu estou a fazer?” ou “Porque é que eu faço isto?”. Fazer mudanças no nosso estilo de vida é essencial, renova o espírito e refresca a mente. Se é uma pessoa que tem dificuldade em saber dizer “não” a circunstâncias que a desagradam ou nas quais não tem um bom desempenho, está na altura de se focar no que verdadeiramente sabe e gosta de fazer.

Foto: Across the Mountains

Outro segredo revelado pelos centenários de Ogimi é a descoberta de uma forma de viver sem stress. Para o conceito do Ikigai, as relações entre as pessoas não só é importante, como fundamental.

Saiba quais são as 5 atitudes que estragam o seu relacionamento.

Foto: Por Magia

Com a correria do dia-a-dia, “esquecemo-nos de viver.” Vivemos mergulhados num constrangimento mental que nos impede de ver mais além. O Ikigai, neste contexto, defende que as pessoas devem ter algo que as faça querer viver mais tempo. Por isso, os encontros com os amigos, as caminhadas, cuidar das flores, pintar, ler… o desfrutar das coisas mais simples, é o mais importante.

Foto: Por Magia

Mesmo quando trabalhamos em algo de que não gostamos, é importante tirarmos partido disso, usar essa situação a nosso favor e desfrutar do momento. Todas as circunstâncias da vida nos ensinam algo. Ter uma atitude positiva, é Ikigai. Dar uma nova dimensão à forma como vemos o mundo, é Ikigai. Terminar uma carreira e preparar a nossa missão para fazermos o que mais gostamos e para o qual estamos mais vocacionados, por puro prazer, é Ikigai. A filosofia do Ikigai é, justamente, conseguir olhar para dentro de si e descobrir a sua paixão.

Foto: A Pajarita
Foto: A Pajarita

Os 10 princípios do Ikigai

1. Mantenha-se sempre ativo e nunca se reforme. Quem abandona as coisas que ama e sabe fazer, perde o sentido da vida. Assim sendo, mesmo depois da reforma, continue a fazer coisas que tenham valor ou utilidade aos outros.

2. Faça-o com calma. A pressa é inversamente proporcional à qualidade de vida. O tempo e a vida ganham um novo significado quando fazemos as coisas com calma.

3. Não coma até ficar cheio. “Menos é mais.” Coma apenas 80% da sua fome.

4. Rodeie-se de bons amigos. Conte e oiça histórias que lhe proporcionem sorrisos, para se divertir, compartilhar, sonhar…

5. Faça exercício físico com movimentos lentos. A água move-se, flui, mas não para de correr.

6. Sorria. É bom aperceber-se das coisas que estão mal, mas não se esqueça da bênção que é a vida, num mundo cheio de possibilidades.

7. Esteja em contacto com a natureza. Precisamos de voltar a ela regularmente, para recarregarmos as baterias da alma rejuvenescer o espírito.

8. Dedique um momento do dia para agradecer. Agradeça aos seus antepassados, à natureza que lhe dá alimento, aos amigos, à família, a tudo o que ilumina a sua vida e lhe trás felicidade.

9. Viva o momento. Pare de se lamentar pelo passado e de temer o futuro. Tudo o que tem é o momento presente. Viva-o da melhor forma, para que mereça ser recordado.

10. Siga o seu ikigai. Dentro de si há uma paixão. Só tem de a encontrar.

Quais destes princípios lhe fazem sentido? Já pratica alguns deles?

Não perca:

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Mais informação sobre

Dê-nos a sua opinião

Faraway
Tome nota destes 12 conselhos de um divorciado para evitar erros no seu matrimónio
Porque a experiência dos outros pode ajudar a manter viva a sua relação, fique atento aos conselhos de alguém que se divorciou e se arrependeu de não ter feito de outra forma...
Como se vestir segundo o seu tom de pele? Os melhores conselhos para estar perfeita
Como se vestir segundo o seu tom de pele? Os melhores conselhos para estar perfeita
O tom de pele tem influência no momento de escolher uma peça de roupa. Nem todas as cores e estilos nos favorecem e num evento como um casamento o que mais desejamos é estar incríveis. Assim, leia estes conselhos para escolher o vestido perfeito para si.
Quer um casamento feliz? Aqui fica uma lista de conselhos definitiva, realista e directa
Quer um casamento feliz? Aqui fica uma lista de conselhos definitiva, realista e directa
Mark Manson, um reconhecido jornalista e escritor, perguntou às pessoas com mais experiência sobre os segredos para um casamento feliz.

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar na Zankyou!
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação