Quando dois estranhos chegam ao altar: o amor criado em laboratório, em 36 perguntas!

Quando dois estranhos chegam ao altar: o amor criado em laboratório, em 36 perguntas!

E se eu vos dissesse que é possível apaixonar-mo-nos em laboratório? Sim sim, é verdade! São 36 perguntas mágicas e plim: dois estranhos chegam ao altar! Saibam tudo, aqui.

  • Vida a Dois

E se eu vos dissesse que é possível apaixonar-mo-nos em laboratório? Sim sim, é verdade! São 36 perguntas mágicas e plim: dois estranhos chegam ao altar!

guardarHélder Couto PhotoSolicite informação sobre “Hélder Couto Photo”
Hélder Couto Photo

Há mais de 20 anos, Arthur Aron, um psicólogo, nascido nos Estados Unidos, fez com que dois estranhos se apaixonassem no seu laboratório. Em conjunto com dois colegas, co-autores do questionário, criaram 36 perguntas, distribuídas por três fases distintas, que, tal e qual passo de mágica, fazem nascer o amor!

O procedimento é simples: sentados frente a frente, o casal é convidado a responder às questões, revelando a par e passo, detalhes íntimos e pessoais. Depois das três fases concluídas, o casal em questão deve permanecer durante quatro minutos, em silêncio, olhos nos olhos.

Meio ano após a primeira experiência, o primeiro par casou! E claro, os “padrinhos” foram… Bem, foi o laboratório inteiro! Surpreendente não?

guardarRui Teixeira Wedding PhotographySolicite informação sobre “Rui Teixeira Wedding Photography”
Rui Teixeira Wedding Photography
guardarRui Teixeira Wedding PhotographySolicite informação sobre “Rui Teixeira Wedding Photography”
Rui Teixeira Wedding Photography

Não quer perder as últimas novidades para o seu casamento?

Subscreva a nossa newsletter

Muito recentemente, Mandy Len Catron, professora da Universidade British Columbia, no Canadá, colocou à prova o questionário de Arthur Aron. O New York Times – e é por isso que novamente, Arthur Aron anda nas bocas do Mundo – publicou os resultados assim como uma síntese da experiência – “To Fall in Love With Anyone, Do This” – e a matéria tornou-se viral!

Nela, Mandy Len Catron, afirma ter-se submetido ao questionário em conjunto com um conhecido e admite que, embora não de forma imediata, se tenha apaixonado pelo respectivo par! “Estamos apaixonados porque cada um tomou essa decisão“, foram as palavras da investigadora.

O amor não é, assim, um sentimento que nos arrebata inesperadamente! Segundo Arthur Aron, o autor do questionário, não nos apaixonamos por acaso, da mesma forma que nada acontece por acaso!

guardarDiana Nobre FotografiaSolicite informação sobre “Diana Nobre Fotografia”
Diana Nobre Fotografia

Aqui, na Zankyou Magazine, enquanto especialistas na matéria, jamais poderíamos deixar passar em branco a oportunidade de espalhar o amor! Vá, é altura de formarem pares! As perguntas foram criadas para, segundo a mulher de Arthur Aron, – que também intervém no estudo – automaticamente, gerar intimidade e confiança entre dois adultos por isso, porque não tentar?

Se procuram um novo amor, fiquem com o questionário completo – e não se esqueçam dos quatro minutos, em silêncio, olhos nos olhos – e com um aviso: correm o alto risco de chegar ao altar!

guardar
Parte I e II
guardar
Parte III

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Rui Teixeira Wedding Photography Fotógrafos e vídeo
Helder Couto Photo Fotógrafos e vídeo
Diana Nobre Fotografia Fotógrafos e vídeo