Ser amiga de um ex depois de casada: é possível?

Ser amiga de um ex depois de casada: é possível?

É possível uma amizade com um ex quando se é casada? Ou o casamento traça uma linha divisória? Descubra tudo!

Ser amiga de um ex depois de casada: é possível?
Photo by Pablo Merchán Montes on Unsplash
  • Vida a Dois
  • Conselhos
  • Msn
  • Casal

Ser amiga ou amigo de um ex ou uma ex é sempre uma situação complicada. Se é alguém que fez parte da sua vida, é natural que queira manter uma conexão com essa pessoa, mas a verdade é que, muitas vezes, podem ainda existir sentimentos não resolvidos ou confusos. E quando se está numa nova relação, as coisas ficam ainda mais complicadas. Mas então, pode ou não ser amiga de um ex enquanto mulher casada? Ou o casamento traça uma linha divisória?

A verdade é que o casamento não deve ser o fator decisivo. Se manteve uma amizade saudável com o seu ex enquanto estava no seu relacionamento sério, o facto de já ter feito ou estar prestes a fazer as suas juras de amor eterno não deve mudar nada. A questão não deverá estar relacionada com o seu estado civil, mas sim com a situação em concreto, individualmente – entre o seu ex, o seu parceiro e você.

Veja também: Porquê casar? 20 razões para dizer que sim

guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz

Às vezes, ser amiga de um ex é totalmente natural, quer tenham namorado durante muito tempo ou tenham vivido apenas um relacionamento pouco sério. Mas as emoções são complicadas e, muitas vezes, a situação é bem mais ambígua. O que eventualmente a perspetiva do casamento pode fazer é dar-lhe a motivação para decidir se essa amizade está a funcionar ou não. Por isso, se tem dúvidas em continuar com a amizade com um ex ou não, veja aqui o que deve considerar. E, claro, ressalvando que estas considerações aplicam-se a qualquer tipo de relacionamento, seja o homem casado a ter dúvidas em relação a uma ex, seja uma dúvida no seio de um relacionamento homossexual. Amor é amor.

Você e o seu ex são realmente amigos?

Não quer perder as últimas novidades para o seu casamento?

Subscreva a nossa newsletter

Muitas pessoas que são “amigas” de um ex não são realmente amigas. Claro que se já era amiga dessa pessoa muito antes de conhecer o seu parceiro atual – e não existia entre vocês qualquer “ressaca” romântica – então, provavelmente, vocês são amigos genuínos e isso deve ter peso considerável na balança. Contudo, se a vossa relação passa apenas por ele lhe enviar mensagens esporádicas, para tomar um copo consigo, após meses ou anos sem se comunicarem, isso pode ser mais suspeito. Por isso, se vocês são apenas pessoas que, ocasionalmente, aparecem na vida um do outro e, por vezes, até confundem as coisas, isso não será uma amizade no verdadeiro sentido do termo… e aqui você provavelmente deverá cortar os laços. Mais: se se sente atraída por essa pessoa, e percebe que não se trata de uma genuína amizade, pode até querer ponderar se está mesmo tudo bem na sua relação ou se, ao querer manter esta amizade, está a tentar satisfazer algumas das suas necessidades emocionais noutro lugar…

Veja também: As 7 coisas que não deve contar ao seu parceiro sobre o seu passado sentimental

guardar
Photo by Fezbot2000 on Unsplash

Ser amigo não quer dizer que sejam próximos

Lembre-se, manter uma amizade com um ex não significa serem os melhores amigos. Só porque é amiga de alguém com quem já teve um relacionamento, não significa que ele ou ela tenha de dançar consigo no seu casamento! Pode apenas significar que é um amigo do Facebook ou que trocam mensagens de aniversário. Talvez até se encontrem para um café, de vez em quando. Mas há muitas maneiras de ser amiga de um ex sem entrarem em demasiada intimidade ou de uma forma que faça o seu atual parceiro sentir-se estranho.

Veja também: Como conviver em casal: 5 passos para acertar no caminho para a felicidade

guardar
Foto twenty20

Tenha a sua situação social em conta

Porque é que gostaria de ser amiga do seu ex se não forem amigos próximos? Não seria melhor eliminar de vez a amizade? Bem, precisa de pensar em toda a sua situação social. Se têm muitos amigos em comum, se eles conhecem a sua família, ou se se encontram regularmente, não será necessário existir um mau relacionamento entre vocês. Em vez disso, fale com o seu parceiro e explique que essa pessoa faz parte da sua vida, goste ou não, e depois trabalhem em conjunto para encontrar a melhor maneira de seguir em frente.

Veja também: Antes de dar “O” grande passo: 10 coisas imprescindíveis a fazer com a sua cara-metade!

guardar
Photo by Priscilla Du Preez on Unsplash

Seja transparente

Conversar com a sua cara-metade é um ponto importante. Se tem uma amizade com o seu ex – seja mais próximo ou mais distante – precisa de ser completamente transparente com o seu cônjuge atual. O ideal é que o tenha feito desde o início – eles não precisam de descobrir que o rapaz/rapariga que bebeu demais no casamento é alguém com quem já teve um relacionamento no passado…. E também temos a certeza que não vai querer que se saiba isso através de outra pessoa. Seja honesta sobre o relacionamento anterior, seja honesta sobre a amizade atual e percebam como os dois se sentem e querem que as coisas devam ser tratadas daí para a frente.

Veja também: Dormir ou não juntos na véspera do casamento? Os nossos leitores respondem

guardar
Foto: Nelson Marques + Andreia Torres Photography

O seu relacionamento atual deve ser uma prioridade

Porque o seu casamento será a sua prioridade neste momento, se o seu ex não é uma parte importante da sua vida, não faz sentido comprometer o seu casamento apenas para manter uma amizade ténue. Precisa de ter em consideração os sentimentos do seu/sua parceiro, em cada passo do caminho. Embora haja uma ressalva: se tem um parceiro que se sente realmente ameaçado por estar em contacto com o seu/sua ex, isso pode ser uma bandeira vermelha. Caso seja genuinamente amigo dessa pessoa e já há muito tempo, o seu novo parceiro ou parceira deve respeitar o facto de fazer parte da sua vida. Se não conseguirem lidar com ex-parceiros ou conexões antigas, pode-se perguntar se há problemas maiores de controle.

Veja também: Como construir uma relação saudável e duradoura

guardar
Photo by Joanna Nix on Unsplash

Ser amiga de um ex ou de uma ex pode significar águas turbulentas para navegar, seja casada ou não. Mas o casamento pode ser um bom momento para avaliar quaisquer amizades confusas e decidir se elas são genuínas – e se valem a pena. Tenha em mente o quanto essa pessoa significa para si, a importância do papel que desempenhou na sua vida e depois converse com o seu parceiro. E, acima de tudo, lembre-se de que a honestidade é fundamental!

Veja ainda: 

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Estúdios Santa Cruz Fotógrafos e vídeo