X

5 vantagens em ter um pequeno (grande) casamento

À primeira impressão pode ficar um pouco desiludida, se perceber que as suas economias só dão para organizar um casamento pequeno. Mas lá por ser reduzido em dimensão de espaço, quantidade de amigos e/ou ausência de luxo, não quer dizer que não possa ser um verdadeiro casamento de princesa, mesmo que simples e mais barato que o “normal”. E mais, pequeno não é sinónimo de enfadonho. No caso da celebração do dia mais importante da sua vida, quer dizer alegria, poucos mas bons e qualidade a um preço equilibrado. Não se esqueça que vivemos na era do low cost. Até a moda das noivas já é criada a pensar nesse conceito. Trata-se da “fast fashion” para a noiva milenar. Experimente!

Se ainda não está a atingir as vantagens de um casamento pequeno, tome nota destes 5 exemplos.

Agende uma reunião com Fábio Azanha Photography
Fábio Azanha Photography

1. Mais económico

Esta vantagem é de caras. Até você já tinha pensado nisso. Afinal, os dias não estão para grandes gastos. Se o casamento for modesto, obrigatoriamente será mais económico. E isso não quer dizer que seja pior. Até porque se procurar bem, há quintas para todos os preços, vestidos lindos e económicos, fotógrafos que fazem um preço amigo e empresas de animação que cobram apenas as horas contratadas ou o número de animadores pedidos. Pode não parecer, mas se contratar à cabeça um wedding planner, ele poderá funcionar não como um gasto, mas sim como um investimento para a poupança. Passando a explicar: estes profissionais sabem tudo sobre o mercado de casamentos. Portanto, de acordo com o seu orçamento e objectivo para o Grande Dia, eles vão indicar-lhe as melhores opções. Sem os seus serviços, seria mais difícil e/ou provavelmente nem conseguiria um casamento assim tão pequeno e com tanta qualidade.

Agende uma reunião com Fine´Art`Studio :: estudiodellas
Fine´Art`Studio :: estudiodellas
Solicite informação sobre “Solicite informações sobre ”
Foto: Casa da Praia

2. Mais íntimo

Que bem que sabe a companhia de quem mais amamos e nos faz feliz! Imagine tê-los só para si no dia mais importante da sua vida, sem interferências alheias. Isso sim é mágico! Por que há-de querer preocupar-se com formalidades com pessoas que mal conhece? De facto, não faz sentido. Um boda mais intima torna-se mais aconchegante e calorosa. Não hão-de faltar memórias para partilhar e relembrar no futuro. Mesmo que se vista de super herói!

Efeito Espontâneo
Efeito Espontâneo
Efeito Espontâneo

3. Maior descontracção

Um casamento mais pequeno significa menos convidados o que, por sua vez, equivale a menos pressão e stress. Vai sentir-se mais confortável e aproveitará mais o momento. Se quiser fazer um striptease, faça, sem pensar no que os outros vão pensar. Os seus amigos não a vão criticar. Muito pelo contrário, eles sabem que você só se quer divertir. Um conselho: não tire a roupa toda. O seu marido que pode não gostar. Deixe para a noite de núpcias! Inspire-se nas melhores cenas de strip-tease que já passaram no cinema. Verdadeiros clássicos!

Agende já uma reunião com João Almeida
João Almeida

4. Fotos mais genuínas

Todas as vantagens funcionam em bola de neve. Ou seja, se a boda for mais intima e descontraída, as fotografias hão-de sair obrigatoriamente mais verdadeiras, naturais, engraçadas e representativas dos bons momentos passados no dia. Imagine o alívio que será ver-se livre de tirar fotografias com 250 casais. Uff! Os 15 amigos e familiares que convidou serão mais que suficientes para fazer poses para a câmara. Agora, uma coisa é certa, as fotos que incluir no álbum de casamento vão ficar muito mais facilmente na memória, porque você será parte integrante de cada instante passado, de cada gargalhada dada e de cada lágrima de emoção derramada. Ainda tem dúvidas das vantagens de uma boda pequena?!

Agende uma reunião com Helder Couto Photo
Helder Couto Photo
Agende uma reunião com Helder Couto Photo
Helder Couto Photo
Agende uma reunião com Helder Couto Photo
Helder Couto Photo

Seja como for, não perde nada em tomar nota destas 9 dicas para conseguir as melhores fotografias de casamento do mundo.

5. Só haverá uma história para recordar

Numa festa pequena não há grupinhos, mas sim um grande e coeso conjunto de pessoas. Pensando as coisas por esse prisma, afinal um casamento pequeno pode ser é um grande casamento. Precisamente, porque todos aqueles subgrupos que costumam se formar nas festas desaparecem. E com eles, as imensas histórias que estes viveram, e que os outros elementos de outros grupos não conseguiram atingir. Quando isto acontece, uma mesma festa pode ser vista pelos diversos convidados de formas diferentes, porque cada um a viveu à sua maneira. Num casamento pequeno isto não acontece. A história é só uma. E 50 anos depois, será relembrada por um número muito maior de pessoas, afinal.

Solicite informação sobre “Solicite informações sobre Detail life style photography”
Detail Life Style Photography
Agende uma reunião com João Almeida
João Almeida

Ficou convencida? Então o que acha de ter um pequeno grande casamento? Primeiro que tudo contrate um wedding planner, senão já sabe que se vai ver em apuros! Entretanto, passe os olhos num destes espaços. Quintas, hotéis, restaurantes e palácios não faltam.

Contacte as empresas mencionadas na reportagem:

Gostou deste artigo? Partilhe

Comentários (2)

Verónica
11 de December de 2016

“…tem aquela máquina XPTO, que tira umas fotos maravilhosas.”

Ou seja, qualquer um que tenha uma máquina “XPTO” pode fotografar, porque a maquina é que tira essas “fotos maravilhosas?” A máquina é que faz fotos maravilhosas? Não descredibilizo de forma alguma o fotografo amador! Nem pensar, não é isso que está em causa, mas sim o constante pensamento errado de que a máquina é que tira boas fotos e não a pessoa que está por trás dela! Independentemente do material fotográfico que o “amigo” tem, se ele não tiver visão, nem souber explorar a mesma, as fotografias serão comuns… é esse o objectivo da fotografia num casamento? Grande ou pequeno, económico ou dispendioso é uma recordação para a vida, marcada num momento que não se repete. Para além de que, o convidado está no casamento para se divertir e não para trabalhar de borla.

Responder
Bruno
7 de January de 2017

Seguindo a lógica do post sobre o fotógrafo amigo: que tal dispensar o Buffet e colocar seu amigo que adora inventar pratos na cozinha?
Decorador? Achaaa, chame aquela amiga que manja tudo de florais.

Cada post nonsense que vemos :/

Responder

Dê-nos a sua opinião

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

Trabalha no mundo dos casamentos?
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional, Zankyou ofrece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em mais de 19 países. Mais informação