8 cerimónias alternativas e simbólicas para dar o "sim" ao seu amor

Atualmente, há muitos casais que não se identificam com nenhuma cerimónia de casamento tradicional, geralmente católica. Se você e o seu parceiro estão à procura de uma alternativa, vão encontrá-la de certeza. Há sempre outro tipo de cerimónias, como é o caso das uniões simbólicas. Estas permitem na mesma que sintam a alegria de celebrar o vosso amor e o espírito de comunhão.

As cerimónias simbólicas são uma opção cada vez mais usual, embora não tenham validade legal. Para além de substituírem as tradicionais, podem também servir para complementá-las. Ou seja, pode sempre casar no civil e depois proceder a uma união deste tipo. Esses ritos são ideais para os casais que procuram uma cerimónia flexível e personalizada ou que pretendam simplesmente renovar os seus votos matrimoniais. São perfeitas para quem quer ter liberdade para escolher o que quiser.

Neste post, vamos apresentar-lhe oito tipos de (belas) cerimónias simbólicas, para se inspirar para o seu Grande Dia. Tome nota!

Papper Moons Photography
Diana Nobre Fotografia

Celta

Esta cerimónia é um rito antigo da Irlanda, da Escócia e da Galiza. De acordo com os celtas, quando duas almas se casam, unem-se para que as suas forças dupliquem e preencham as suas necessidades. A cerimónia realiza-se sempre ao ar livre, numa ode à natureza. Faz-se um círculo com flores e outros elementos da natureza, com quatro velas nos pontos cardinais, e o altar a norte.

A cerimónia é realizada por um celebrante especializado, que começa por fazer orações e a homenagear os antepassados dos noivos. O casal troca presentes entre si e o celebrante aproveita para unir as suas mãos com um laço, formando um oito. Então, os noivos trocam as alianças, bebem um gole de vinho e comem um pouco de pão, deixando uma pequena porção no chão, como símbolo de gratidão à natureza.

Defendendo que as celebrações de casamentos não têm de ser tradicionais e todas iguais, Filipa Martinho começou a celebrar casamentos recorrendo ao espírito Celta, transformando o dia do casal num evento ainda mais especial e único. Segundo ela, “O povo celta, que viveu na região da Grã-Bretanha por volta de 2.000 a.C., tinha o que se chamava de Casamento Sagrado, uma cerimónia diferencial que remete ao começo da Humanidade e às primeiras cerimónias de casamento. Esta é uma maneira muito especial de celebrar o amor e a união entre duas pessoas. É uma forma original, espiritualizada e personalizada.”

Filipa Martins - Cerimónias Celtas
Filipa Martins – Cerimónias Celtas

Das velas

Nesta cerimónia, cada um dos noivos segura numa vela acesa. Depois, juntos, acendem uma terceira vela, maior do que as suas. Esta celebração simboliza a luz e a chama que irão iluminar a sua relação para sempre.

Na areia

Diz-se que esta cerimónia tem origem nos antigos casamentos havaianos, realizados nas praias. Os noivos costumavam misturar as areias das suas terras de origem, se fossem diferentes. Hoje, podem optar por misturar areias coloridas e de todos os tipos, seja de que praia for. O casal começa por colocar a areia num frasco de vidro e depois despeja-o num recipiente maior, ao mesmo tempo. Os grãos finos misturam-se, simbolizando assim o compromisso eterno do casal.

Ricardo Meira
Ricardo Meira

O oficiante pode ser um membro da família ou um amigo. E, ao mesmo tempo que a cerimónia acontece, você pode colocar a sua música favorita para dar ambiente. Depois, leve o recipiente para casa. Esta cerimónia tem a particularidade de também poder ser realizada por casais com crianças, que podem participar com sua própria garrafa de areia na cerimónia.

Já agora, conheça os melhores penteados de noiva para um casamento na praia: descompliquem!

Set Lounge Beach Wedding
Set Lounge Beach Wedding

Do vinho

Na mesma linha lógica da cerimónia anterior, na do vinho, cada noivo agarra uma jarra: uma com vinho branco e outra com vinho tinto. Em seguida, decantam os vinhos para uma terceira jarra, com o objetivo de dar a provar aos convidados. Depois, o casal pede aos seus familiares e amigos que escrevam, com vinho, os seus votos de felicidade num cartão e o coloquem numa caixa, onde estarão também dois copos e uma garrafa do vinho que será servido no casamento. A caixa é depois fechada e os noivos escolhem a data em que a quererão abrir para celebrar, a dois, num aniversário de casamento qualquer, aproveitando assim para relembrar esta bela celebração.

AhHA!Photos
AhHA!Photos

Das pombas

Esta cerimónia é muito comum para complementarem as civis. Após proferirem os seus votos e de colocarem as alianças no dedo um do outro, os noivos soltam duas pombas. Estas simbolizam a paz, a harmonia, a realização amorosa e os desejos do casal!

Da plantação (ou árvore)

Nesta cerimónia, os noivos plantam uma árvore no dia do casamento como símbolo das raízes do relacionamento e do contínuo crescimento do seu amor. As árvores são fortes e duradoiras. Plantá-las simboliza a união de duas pessoas numa nova família, que irá enraizar e crescer todos os dias. A cerimónia pode ser feita de duas maneiras: numa, os noivos podem plantar uma pequena árvore num pote e depois transplantá-la para um maior ou mesmo para um jardim. Na segunda, podem optar por plantá-la diretamente no chão ou onde vão comemorar o casamento.

Ricardo Meira
Ricardo Meira

Kogi

Esta cerimónia única, apesar de não ter validade legal, é de uma grande riqueza espiritual! Além disso, é bastante pessoal, já que apenas estão presentes os próprios noivos e o celebrante. Os índios Kogi da Serra Nevada de Santa Marta, na Colômbia, dão grande valor aos seus ritos, como é o caso dos casamentos. É por isso que esta cerimónia é presidida por uma personalidade muito respeitada: o Kogi Mago, que orienta a união com palavras de sabedoria, para que o casal entenda o sentido de terem escolhido o outro e para que fiquem juntos para sempre. O mago faz um ritual tradicional com um instrumento de contas de cornalina, feito pelos antigos Tayronas e, finalmente, coloca no pulso de cada um dos noivos uma espécie de pulseira que simboliza a sua união. Você que só pensa em estar com o seu amor, pode inspirar-se nesta cerimónia para celebrar a sua união com o homem da sua vida. Serão só vocês, um celebrante e a natureza!

Ricardo Meira
Ricardo Meira

Maia

Neste casamento, o universo e as energias sagradas são responsáveis por unir espiritualmente o casal. A coisa mais importante é que seja um xamã a realizar a cerimónia num lugar simbólico. A cerimónia começa com músicas e sons de instrumentos nativos da etnia Maia (México), enquanto o casal avança em direção ao xamã. Depois, os enamorados louvam os quatro elementos da Mãe Natureza (fogo, água, terra e ar). Mas podem optar por uma outra variação da cerimónia, ao homenagearem antes a Energia Cósmica, a Terra Mãe, os quatro ventos e o centro dos mesmos corações.

My Fancy Wedding
My Fancy Wedding

Em seguida, os quatro pontos cardinais são marcados por flores e velas. Ao mesmo tempo, o noivo fornece aos convidados milho (o início do novo ciclo) e sementes de cacau (riqueza e dedicação), enquanto que a noiva oferece tortilhas e cacau em pó. No final, os amigos e familiares cercam o casal, lançam flores e recitam músicas, poemas e mensagens de bênção. Esta cerimónia, no seu país de origem, em geral, é feita em exclusivo e substitui a civil ou a religiosa. Em Portugal, não deve ser muito fácil e prática, mas pode sempre se basear (inspirar) na mesma. Seja ousado(a)!

Kailua - Fonte da Telha
Kailua – Fonte da Telha

Se ficou interessado(a) nalguma destas cerimónias, lembre-se de preparar todos os detalhes, de modo a que corra tudo como sonhou. Para isso, recomendamos que contrate os serviços de um wedding planner. A prática deles em organizar casamentos é tanta que, mesmo que não estejam habituados a estas cerimónias simbólicas, conseguem fazer milagres!

Como é o caso da Oui Love Youuma empresa de wedding planners para quem cada história de amor é única, com uma luz própria e incomparável. Com um equipa que conta com mais de 10 anos de experiência e conhecimento de todos os pormenores e etapas importantes na organização de um casamento, saberá certamente preparar uma cerimónia alternativa de sonho, comas suas ideias criativas e elegantes.

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Dê-nos a sua opinião

Thrall Fotography
8 alternativas para usar "algo azul" no seu grande dia
Cumpra a tradição ou superstição, como lhe queira chamar. Por isso, pelo sim pelo não, leve algo de azul para a sua boda. O ano de 2018 só lhe terá a agradecer.
Convidadas: tomem nota das três tendências que estão de volta para arrasar no verão!
Convidadas: tomem nota das três tendências que estão de volta para arrasar no verão!
O qipao chinês, o smoking e o vestido boémio e vaporoso são as três peças que irão marcar a diferença neste 2018
Credits: Fontenelle Decorações
O tule, o seu melhor aliado para a decoração do seu casamento. Fascinante!
Temos a certeza que com estas ideias terá um sem fim de propostas e uma chuva completa de inspiração para decorar o seu casamento com tule.

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar na Zankyou!
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação