Dê nomes às mesas do banquete e evite os números! Saiba porquê

Uma das coisas que mais transmite a magia de um casamento é a decoração. Preocupe-se com cada detalhe, escolha um tema para a boda e crie ou escolha elementos decorativos essenciais para personalizar o seu casamento a 100%. Tudo deve refletir a sua personalidade, desde a cerimónia, civil ou religiosa, até ao espaço. O banquete deve, por isso, ser a sua cara. Afinal, é aí que você e os seus convidados passarão grande parte da festa, comendo e bebendo à sua felicidade e do Alexandre.

E é mesmo aí (no banquete) que queríamos chegar. Já pensou como indicar aos seus convidados a mesa onde se devem sentar? Se calhar, pensa que o melhor é numerá-las. Pense melhor! Agora, a grande tendência dos casamentos mais in é dar nomes às mesas, de acordo com a temática da boda. E essa tendência tem vários motivos:

Guilherme do Vale - Interiores & Eventos
Guilherme do Vale – Interiores & Eventos

1. Cuidar dos convidados

Quem gostaria de ser enviado para a mesa nº 14? Sabemos que não há espaço para todos no número 1, 2 ou até 3, mas ninguém gosta de se sentir o número 14, mesmo que este número até corresponda a uma mesa bastante centrada e com alguma proeminência. Mas a verdade é que não deixa de ser um número longínquo! Por que não evitá-lo e fazer com que todos os seus amigos e familiares se sintam especiais? Sim, porque a mesa Austrália (mesmo que no fim do mundo) sempre dá mais vontade de “visitar”.

 

A Pajarita
A Pajarita
Marina Canteiro
Marina Canteiro

2. Proximidade

Nomear as mesas gera um clima de maior proximidade com os convidados. Fá-los sentir que são parte de uma parte que marcou a vida e a história dos noivos. Como tal, fará com que eles se sintam muito mais importantes do que se você lhes atribuísse apenas um número. Já deve ter ouvido que ninguém gosta de ser apenas um número. É por isso que todos nós temos nomes. Sim, porque cada cidadão tem um número, visível no Cartão do Cidadão, mas ninguém conhece de cor o do amigo, pois não? Então, no seu casamento, opte pelo mesmo (bom) tratamento. E se colocasse em cada mesa o nome de um grupo musical português? Lembra-se das Doce? Você, a Joana e a Mariana fartavam-se de dançar ao som desta banda feminina.

ana mota - Eventos e decoração
Ana Mota – Eventos e Decoração

3. Experiências

É importante inventar experiências, com os temas de cada mesa. Desta forma, os convidados se envolverão cada vez mais e levarão com eles uma memória inesquecível do dia do seu casamento. Portanto, nomear as mesas contribuirá para tornar o seu convidado parte dessa experiência, fazendo com que ele se sinta parte integrante do seu Grande Dia, como elemento fundamental. Concorda? Então, escreva numa ardósia os nomes e distribua-as por cada mesa.

Feliz é Quem Diz
Feliz é Quem Diz

4. Diversão

Se você se pergunta como conseguir que os seus convidados se divirtam no seu casamento, nomear as mesas é uma das melhores soluções. Além de dar mais conteúdo ao casamento, pode suscitar diversão, na medida em que eles começarão a falar sobre o significado do nome da sua mesa e a brincar com os elementos das mesas ao lado, precisamente por causa dos diversos nomes que estão a rechear a sala do copo d’água. Imagine um casamento com o tema da Disney. Quais os comentários que poderão vir da mesa Clara Bela ou João Bafo de Onça. E se for sobre veículos? Será que aquele a quem saiu o BMW vai gozar com os da mesa do “Pão de forma”?

Marina Canteiro
Marina Canteiro
Marina Canteiro
Marina Canteiro

5. Temática

Por norma, os nomes das mesas estão relacionados com a temática do casamento. Se você não tiver optado por um tema, pode escolher os nomes dos tópicos que mais se relacionam consigo e com o Alexandre: viagens, as suas primeiras datas (de namoro, primeiro beijo, etc…) e seus hobbiesO importante é que tenha tudo a ver consigo e com ele… Mesmo que pareça que os seus convidados estão numa estufa. Até porque eles sabem o quanto você gostaria de fazer um safari.

Fontenelle Decorações
Fontenelle Decorações

6. Decoração

Além disso, você pode complementar as mesas com alguns elementos decorativos que tenham a ver com o seu nome e combiná-los com o design dos menus ou dos cartões com os nomes, por exemplo. As flores são sempre um grande sucesso! E sabe quem a pode ajudar com elas? Karla Lamounier. Há mais de 7 anos que, com uma dedicação única, produz arranjos florais, que causam impacto visual com harmonia e delicadeza. O negocio foi crescendo de tal forma que hoje a artista dedica-se não só às flores, como à decoração de todo o casamento. É o caso das mesas para convidados e a dos doces. Nem o noivo escapa a ficar com uma florzinha na lapela.

7. Para casamentos em massa

É verdade que nos casamentos com muitos convidados, nomear as mesas é mais complicado para eles, já vão ter de as procurar entre muitas. Nesses casos, existem várias opções:

Mapa de mesas

Ao lado do seating plan, pode colocar um painel com o mapa da sala com as respetivas mesas, para que os convidados possam localizá-las. O seating plan (mapa de lugares) deverá estar bonito e, acima de tudo, diferente e original.

Ana Mota - Eventos e Decoração
Ana Mota – Eventos e Decoração

Nome + Número

Se você ainda acha que é necessário numerar as mesas – para serem mais fácil de encontrar – , pode sempre fazer uma mistura das duas coisas. Desta forma, mesmo que os convidados percebam que são “número 14”, psicologicamente o efeito é atenuado por serem também parte das ilhas Fiji ou por por serem conotados com uma boa valsa, por exemplo.

Marina Canteiro
Marina Canteiro

O que acha destas alternativas aos números? Já decidiu como sentar os seus convidados? Então tome nota destes cinco passos para fazer um seating plan, mesmo bem feitinho. Depois, premei-os com aquelas lembranças que os farão lembrar-se de si e do Alexandre para sempre. Fique-se com 25 sugestões.

Mas antes disso, deve mandar um convite apelativo aos seus amigos e familiares. Aqui vão 10 dicas para redigir um convite de casamento na perfeição.

 

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Dê-nos a sua opinião

Ricardo Meira
Mini-Guia completo para casar na Madeira
A Zankyou preparou-lhe o mini-guia essencial para um casamento deslumbrante no inesquecível arquipélago da Madeira!!
Oásis de Huacachina | Foto: J. D. Benthien
Lua-de-mel no Peru: um roteiro imperdível para casais românticos e aventureiros
Já imaginou passar a sua lua-de-mel num lugar fascinante, onde está uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno? Faça as suas malas, pois o seu destino é o Peru!

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar na Zankyou!
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação