Como escolher as cores para decorar o meu casamento em 5 passos

Na organização de um casamento existem elementos da maior importância aos quais os noivos não dão a devida atenção, acabando por cometer um grande erro. É o caso das cores do casamento, que embora não pareça uma questão relevante, é fundamental para atingir um verdadeiro estilo próprio em qualquer celebração. Com efeito, organizar um casamento de sonho é como criar a sua própria obra de arte, pelo que escolher a paleta de cores que combine a festa com o vosso estilo enquanto  casal é um fator determinante para atingir o sucesso.

As cores são fundamentais na decoração de um casamento, já que agem como um guia do mesmo, estando sujeitas a muitas circunstâncias. As estações do ano, por exemplo, compõem muitas vezes a sintonia cromática, embora isso dependa muito do casal e dos próprios wedding planners escolhidos. Mas não só! Continue a ler para descobrir como escolher as cores para decorar seu casamento em 5 passos.


Passo 1. Aproveite a época do ano 

Como já o dissemos várias vezes, a decoração de um casamento poderá estar intimamente ligada à estação do ano em que ele acontece. Dos convites aos centros de mesa, todos os detalhes podem beber das fantasias da estação e, para isso, devemos ter em conta as cores que dão vida a cada uma delas e que são as suas “estrelas”.

My Fancy Wedding

Assim, geralmente o outono veste-se de grená, ocre, verde floresta, mostarda e castanhos, com pequenas piscadelas ao roxo. Aposte também nas combinações de laranja, amarelo e dourado para compor ambientes elegantes e discretos, que remetem às cores terrosas desta estação.

Mary Me Eventos. Foto: João Almeida

No inverno, pode apostar nos brancos, sendo um casamento all white uma excelente opção para uma cerimónia a realizar-se nesta altura do ano, especialmente se adicionar um toque de irreverência com pormenores dourados ou bronze, assim como metálicos e prateados, garantindo um sentido de estética de luxo.

Quinta do Hespanho. Foto: Maria Rao Photography
Quinta do Hespanho. Foto: Maria Rao Photography

A estação fria do ano pede ainda pretos, azuis, roxos e castanhos (a natureza invernal, a madeira, o bosque nevado …), acrescentando magia no Natal com a incursão de vermelho e verde, cores quentes também associadas ao inverno, pois proporcionam aconchego.

Na primavera reinam o verde, o turquesa, o amarelo limão (cores cítricas) e o branco, bem como alguns tons mais marcantes como fúcsia. Tratam-se de tons alegres, frescos, que convidam a pensar no bom tempo, no dia-a-dia ao ar livre, nos dias que se enchem de luz e na natureza que nos passa a presentear cenários alegres e coloridos.

My Fancy Wedding
The Quinta – My Vintage Wedding in Portugal. Foto: Aguiam Wedding Photography

No verão, a aposta recai nas cores pastel: o rosa, o lavanda, o amarelo, bem como o vermelhão, azul claro e verde menta, que estão ligadas ao sol, à praia, ao mar, à natureza e às férias.

Inspirarte. Foto: Um dia de Sonho
Dream Weddings Europe. Foto: Saya for Studio Ohlala
Dream Weddings Europe. Foto: Saya for Studio Ohlala


Passo 2. Siga a temática escolhida

O tema do casamento é excelente para dar pistas sobre a decoração, sendo que as cores têm muito a dizer a esse respeito, já que são perfeitas para ambientar contextos. Damos-lhe o exemplo do cinema, em que conseguimos perceber a época ou o género a que pertence determinado filme através das suas cores. Com efeito, as cores não serão as mesmas num clássico – onde prima o preto e branco – ou num filme dos anos 80, onde as cores são bem mais chamativas. Ora, também o seu casamento deverá transmitir essa sensação.

Ideias de Veludo

Por exemplo: os casamentos com a temática marinha sentem especial predileção pelos azuis do mar e do céu, assim como o branco e o creme dos uniformes e da areia, dos barcos ou das cordas. Os casamentos vintage, por outro lado, têm como protagonistas as cores pastel, como o rosa e o malva, juntamente com branco, amarelo e verde. Já se optar por um casamento boho, a palete de cores ideal deverá ser constituída por cores vibrantes, seguindo a temática hippie utilizada durante a década de 70,  nomeadamente a lavanda, o esmeralda e o azul, com um toque de rosa e laranja, que compunham de forma alegre e descontraída a decoração das casas e roupas.

GUIDA Design de Eventos ®
GUIDA Design de Eventos ®. Foto: Dreamaker. Catering: Humor ao Lume

Com esta contribuição especial de cores, consegue-se estabelecer guias mestras que poderá seguir para realizar o restante da decoração. E assim, rapidamente qualquer detalhe ganhará sentido, graças ao tema.


Passo 3. Adeque as cores ao tipo de casamento

Embora haja cada vez maior liberdade em tudo o que diz respeito aos casamentos, existem protocolos ligados a certos estilos que acabam por ser mais ou menos respeitados.

Casa dos Arcos

Os casamentos mais formais, por exemplo, não são muito abertos a experiências e entregam os seus encantos aos tons mais sóbrios e elegantes, como o branco, o preto, a prata e o ouro. No outro extremo, temos os casamentos de estilo boho, que são geralmente mais informais e incidem em tons vibrantes, estando mais sujeitos a variações surpreendentes, embora não se deva pecar pelo excesso, pois será sempre positivo manter o equilíbrio dentro de própria imersão em cores, seja ela muito básica ou muito extravagante.

Quinta Lago dos Cisnes. Foto: Arte Magna

Existem, efetivamente, combinações de cores mais elegantes que outras. Nesse sentido, saem vencedoras toda a gama de blues, brancos e marfins, ideais para qualquer época do ano. O vermelho e branco também são perfeitos para decoração de casamento.

Um dos conselhos que lhe damos é que, independentemente do estilo de casamento que escolher, não exceda as quatro cores: opte por ter um ou dois tons centrais e, para o restante, acrescente tons complementares, criando uma sintonia capaz de enriquecer todos os recantos.


Passo 4. Tenha em conta o local da celebração

O tema e a época do ano são importantes, mas ambos são quase sempre determinados pelo palco onde irá decorrer a sua celebração. Com efeito, o espaço do local escolhido para o casamento e o ambiente que impera em toda a área circundante será sempre uma referência para as decisões relacionadas com a decoração, sendo que tudo acaba por girar à sua volta, incluindo a escolha das cores.

Quinta do Hespanhol | Foto: Clickt Photography

Assim, a decoração de um casamento celebrado no exterior ou no interior será bastante diferente, incluindo a paleta cromática escolhida.

Nas celebrações interiores, as estações do ano não serão tão importantes, pesando mais o estilo do espaço escolhido. Há lugares mais informais, onde a liberdade de escolha é maior, e outros muito mais elegantes, que estarão sujeitos ao tradicional ou ao sóbrio, por exemplo. Com efeito, um casamento pode acontecer num casario, numa mansão, num celeiro, numa quinta, numa fazenda ou, quem sabe, num antigo armazém, sendo que cada um desses sítios acaba por sugerir cores diferentes, consoante a sua natureza. Os próprios lugares estão inseridos numa temática específica, com decoração e cores próprias. Por isso, utilize-a para reforçar o estilo do casamento e do próprio local, evitando que entrem em choque e criem um desajuste cromático e estilístico.

SUD Lisboa Hall

No caso do exterior, é muito mais fácil adaptar-se ao estilo do espaço escolhido, seja num ambiente aberto ou num jardim. No caso dos casamentos na praia, cada vez mais comuns na primavera e no verão, as cores extremamente estridentes não resultam, sendo melhor optar pelos brancos e pastéis, que estão em consonância com os sentimentos que inspiram este lugar de calma, tranquilidade.

Kailua – Fonte da Telha

Já as celebrações que ocorrem no meio da natureza têm como inspiração a própria montanha e a serra, nomeadamente o verde da vegetação que reveste os seus vales e morros, despertando um tema mais natural e tendo como principais referências as tonalidades esverdeadas, mas também o castanho das árvores, os amarelos e os vermelhos. No entanto, se falarmos numa zona mais rural e seca, a melhor solução serão os amarelos e as cores da terra combinadas com o branco.

O mais importante é conseguir a harmonia do espaço e das cores, experimentando, mas combinando com bom gosto e sem muitas estridências.


Passo 5. Siga as Tendências

Tudo o que lhe dissemos até agora são dicas certeiras, mas há uma questão pertinente à qual também deve prestar atenção: o que está na moda! Claro que tudo depende se é daquelas pessoas que adora seguir as últimas tendências ou se prefere “travar as suas próprias batalhas”. Mas, não sendo obrigatório, se quiser ter um casamento com o estilo que predomina no momento, vai ter de as ter em conta.

Mary Me Eventos. Foto: Spatium Fotografia

No caso de gostar de seguir as tendências, contrate primeiro um bom wedding plannerque esteja a par de todas as novidades em matéria nupcial e, claro, também das cores da moda, que muitas vezes estão ligadas à moda em geral. Ele irá aconselhá-la melhor do que ninguém!

Para 2018, a empresa de identificação cromática e criadora do standard das cores, Pantone Inc., revelou o tom da moda, de acordo com seu estudo habitual das diferentes características de cor. O escolhido foi ultravioleta (Ultra Violet: 18-3838), que promete encher os casamentos com o sentimento puro que esta cor transmite.

Foto: NVSTUDIO

A cor ultravioleta pode destacar-se em diferentes elementos decorativos, como as flores, que assumem uma força especial nessa tonalidade. Mas não só! Na verdade, o ultravioleta pode estar presente também nos vestidos das convidados, nas jóias da noiva e nos acessórios. Quando se segue a moda nupcial a nível cromático, esta cor acaba por ter uma representação significativa em todos os aspetos do casamento.

Foto: NVSTUDIO
Foto: NVSTUDIO

A verdade é que pode seguir as tendências de cada ano, tanto em estilo como em cores  – e, assim poupar trabalho – ou sinta-se livre para experimentar. O que prefere?

E para ajudá-la na organização

Descarregue o ebook Como organizar o seu casamento“!

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Dê-nos a sua opinião

Como escolher um Wedding Planner para o meu casamento: 5 passos fundamentais
Como escolher um Wedding Planner para o meu casamento: 5 passos fundamentais
Porque queremos que o seu dia não seja menos do que extraordinário, hoje na Zankyou vamos ajudá-la a encontrar o melhor dos melhores profissionais!
Como escolher o bolo do meu casamento em 5 passos
Como escolher o bolo do meu casamento em 5 passos
O bolo de casamento é um daqueles "detalhes" que não pode deixar para trás, pois é, cada vez mais, um elemento crucial de qualquer celebração.
Como escolher o penteado e a maquilhagem para o meu casamento em 5 passos
Como escolher o penteado e a maquilhagem para o meu casamento em 5 passos
Já pensou no penteado e na maquilhagem que vai querer usar? A verdade é que são tão, ou mais, importantes do que o próprio vestido para um look de arrasar.

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar na Zankyou!
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação