Qual a fronteira entre um casamento tradicional e um casamento antiquado?

Qual a fronteira entre um casamento tradicional e um casamento antiquado?

Porque a tradição não tem de estar desalinhada com o bom gosto e a diversão. Siga os nossos conselhos para um casamento perfeito!

Qual a fronteira entre um casamento tradicional e um casamento antiquado?
Foto: Momento Cativo
  • Planear o Casamento
  • Recomendações
  • International
  • Msn
  • Clássico

A tradição está na moda. Apesar dos telemóveis da última geração, da realidade virtual e dos drones para filmar os casamentos, de uma forma geral o passado regressou com toda a força para marcar presença nalguns detalhes que constituem o grande dia. O gosto pelo retro intensificou-se e os eventos adquiriram um toque vintage embora simultaneamente moderno, o que garante o estilo e elegância.

De qualquer forma, alguns noivos preferem os casamentos 100% tradicionais. E como é que se pode garantir que este evento tão importante, sendo tradicional, não se torne simplesmente…piroso e antiquado? Nós procurámos saber a resposta junto de quem sabe. E aqui está ela.

Casamento divertido, sucesso garantido!

Os casamentos tradicionais podem ser perfeitos, se souber como os organizar. Sim, porque geralmente, quando os noivos dizem que não querem um casamento tradicional, na realidade o que querem dizer é que não querem um casamento aborrecido, monótono, igual a tantos outros, “sem graça”. Porque é verdade, quando pensamos em tradição, somos assaltados por um sentimento de repulsa só de pensarmos nas torres artísticas de camarão e nas esculturas de frutas…! No entanto, se deixarmos de lado este “excesso” de tradição, representado nestes manjares de outras épocas, a diversão pode ser a chave para tornar um casamento tradicional num verdadeiro êxito.

Leia também: Casamento clássico ou tradicional: tudo o que deve saber sobre este estilo!

guardar
Foto: Deambulando

Mudanças sem alterar a essência

Não quer perder as últimas novidades para o seu casamento?

Subscreva a nossa newsletter

Se não são particularmente fãs da vanguarda culinária e das experiências ao nível festivo, não há problema nenhum. Tenha calma, porque o seu casamento pode ser igualmente especial. Só há que abraçar pequenos toques dos casamentos modernos e acrescentá-los às bases do vosso evento de sonho. Exemplo? Procurem que o cocktail seja mais longo e que a refeição seja mais curta. O facto do cocktail durar mais tempo convida a um maior interação com os convidados, tanto da vossa parte como entre eles. Num ambiente mais descontraído e livre será muito mais fácil aproveitar o grande dia.

Outra ideia será sentar à mesa dos noivos os amigos e não os paisA ideia não é romper com a tradição, mas sim acrescentar algo diferente, que chame a atenção e que possa tornar o casamento mais divertido. Claro que se os pais forem os “Reis da festa”, não há como não sentá-los à vossa mesa, mas caso contrário passar o vosso grande dia com os vossos amigos de sempre pode vir a demonstrar-se ser muito engraçado.

Leia também: Quem pode estar na mesa dos noivos?

guardar
Foto: André Heller

Reportagem fotográfica

Escolha um fotógrafo que não perca demasiado tempo com poses ou fotos aborrecidas, que arruíne toda a diversão. Hoje em dia, os fotógrafos são como ninjas e infiltram-se entre os convidados para poderem fotografar sem serem vistos. Qual é o objetivo? Ser original e natural. Assim, embora possa manter no seu menu tradicional o (delicioso, vá!) bacalhau com broa e o já habitual lombo assado de porco com castanhas, o facto de contratar um profissional criativo e moderno não vai contra o espírito tradicional do seu casamento e dar-lhe-á um toque atual. E, no futuro, irá agradecer por terem tomado esta opção.

Leia também: Como escolher o fotógrafo do seu casamento em 5 passos

guardar
Foto: Edgar Dias Photography

Decoração

Num casamento tradicional, a decoração dos diferentes cenários é mais austera, geralmente seguindo o protocolo do espaço em questão. Por isso, para evitar esse toque antiquado dos casamentos de outrora, o melhor é embelezar o espaço. Sim, porque a tradição não está isenta de beleza visual. Se quiser fugir às técnicas mais modernas, como o DIY – que está cada vez mais em alta – o melhor é contratar um wedding planner para que tudo corra bem. Com o apoio e aconselhamento profissional, juntamente com os vossos gostos, vão conseguir manter a vossa personalidade, sem cair na monotonia. 

Leia também: Como escolher um Wedding Planner para o meu casamento: 5 passos fundamentais

guardar
Foto: André Heller

Música

O que verdadeiramente acrescenta diversão a um casamento tradicional é a música. Por isso, não deixem para o final a contratação do DJ! Tenham atenção para não se deixarem entusiasmar por detalhes desnecessários que “arrebentam” com o vosso orçamento, esquecendo-se do mestre de cerimónias da grande festa. E assegurem-se de que o DJ é competente na sua profissão, isto é, que é bom na arte de misturar música, na animação e que tenha boas vibes para que o espetáculo seja divertido. A música é a centelha da vida e, ao contrário da Coca-Cola, não engorda. Pelo contrário!

Para mais diversão, veja os 150 temas pop & rock que selecionámos para a playlist do seu casamento

guardar
Foto: Deambulando

Qual é o segredo para o sucesso do seu casamento tradicional? A diversão! Se conseguir assegurar esta imperiosa necessidade, o trabalho está feito!

Talvez também lhe interesse:

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Edgar Dias Photography Fotógrafos e vídeo
Momento Cativo Fotógrafos e vídeo
André Heller Fotógrafos e vídeo
Deambulando Fotógrafos e vídeo