Qual o primeiro carro que devem comprar enquanto casal?

O primeiro aspecto a ter em conta enquanto marido e mulher (ou como casal que partilham uma vida e, em consequência, gastos) é a sensatez. É verdade que o lado mais emocional nos encanta, mas uma relação implica uma grande quantidade de inteligência e características práticas, de modo a alcançar uma base sólida que sobreviva aos eventuais problemas que possam surgir. Esta estabilidade e segurança está fortemente relacionada com as condições económicas e pragmáticas do casal. Nesta sentido, centramos-nos nos carros. Querem comprar um automóvel em conjunto? Hoje, partilhamos com vocês alguns conselhos que vos ajudarão a não colocar a “pata na poça”.

LisovyFamily
Foto vía Shutterstock: LisovyFamily

Precisam de um carro?

É verdade que viagens longas dentro do país de residência são facilmente conseguidas quando se tem veículo próprio. Contudo, existem sempre alternativas (mais económicas) como os transportes públicos, Bla Bla Car… que podem ajudar bastante e, simultaneamente, evitar um gasto dispendioso a comprar um carro, que, por sua vez, implica tantos outros gastos como a sua manutenção. Na cidade, ter um carro não é assim tão necessário como julga, pois os transportes públicos das grandes cidades funcionam com eficácia e regularidade. Assuma um espírito ecológico e considere, também, apostar em carros eléctricos (Car2Go, …) ou disponha também dos serviços do Taxi, Cabify ou Uber para emergências.

Se por acaso vive numa local consideravelmente mais pequenos, convidamo-lo a experimentar as maravilhas da bicicleta tal como fazem os citadinos de muitas cidades europeias, nomeadamente, Amesterdão, Copenhaga, Hamburgo, …) ou a caminhar, como forma de se deslocar. Assim, contribui também para a redução da contaminação e motiva o exercício físico. Precisa mesmo de um carro? Quem sabe se pode aplicar esse dinheiro numa coisa mais importante.

Ditty_about_summer
Foto vía Shutterstock: Ditty_about_summer

Tamanho do veículo 

Algumas pessoas consideram que o seu primeiro carro deve ser grande. Porquê? Devido aos filmes, às publicidades e aos complexos. Antes de se centrar no dilema do carro e do seu tamanho, o mais importante é usar a cabeça racionalmente e saber a situação em que se encontra. Deve ter em conta diversas questões: têm filhos?; ponderam tê-los já?; têm garagem?… De momento, são apenas vocês os dois. Tentem, primeiramente, adaptarem-se à vossa vida enquanto casal e comecem pelo início.

Têm toda uma vida para comprarem esse grande carro que desejam e que permita deslocar toda a família (cão e gato incluídos) e gastar, igualmente, em combustível – o que corresponde a um grande gasto. Para além disso, o tamanho do carro, em algumas circunstâncias, está, também, relacionado com o preço pelo que não sobra muito dinheiro depois. Os inícios podem ser complicados.

Preço do carro

Numa sociedade como a que vivemos actualmente, a vontade comprar artigos desnecessários começa a ser uma constante. Por esta razão, muitos casais acreditam que o seu carro deve ser o melhor lugar do mundo quando ainda não apresentam uma estabilidade económica. Para além disto, estes carros caros podem trazer gastos maiores adicionais em reparações, assim como, no seu consumo.

A geração milleial têm tido menos sorte do que os que os segue e, na maioria dos casos, não estão em posição de gastar tanto sem necessidade. Devido à sua tenra idade, estes jovens não pensam no que é necessário para encarar um gasto destas características. Tranquilos! O carro com que sempre sonharam há-de chegar eventualmente!

Nejron Photo
Foto vía Shutterstock: Nejron Photo

Realidade

Sugerimos que analisem a vosssa situação actual e pensem em qual será a melhor opção para vocês. A segurança é muito importante e por esta razão não aconselhamos a comprar o carro mais barato e pequeno que se encontra no mercado. Os extremos nunca trazem  muitos benefícios, pelo que devem optam por um carro que cubra as vossas necessidades diárias e que sirva para se deslocarem para um local longe da rotina. Um carro entre o pequeno e o intermédio é o ideal para os primeiros anos de casamento: um carro que não gaste demasiado e cuja marca seja de confiança. Informem-se bem! Para além de tudo isto, aconselhamos, também, que aproveite os meios de transportes públicos!

kievstock
Foto vía Shutterstock: kievstock

O futuro

O futuro é incerto para todos os casais. A situação de uma família varia e, por isso, é necessário tomar decisões práticas. Comprar um carro maior e que custe mais é algo que poderá vir a acontecer se, por sorte, a vossa situação financeira melhore!

Andrey Yurlov
Foto vía Shutterstock: Andrey Yurlov

Como conselho final, dizemos para não se deixarem leval pelo que vos parece mais prático no momento!

Dê-nos a sua opinião

Foto: Adriana Morais
6 atitudes que revelam maior intimidade num casal que o sexo: venham conhecê-las!
A vida a par tem tantos momentos que merecem ser lembrados... Por sabermos isso, não resistimos: revelamos-lhe, hoje, 6 atitudes que revelam maior intimidade num casal que o sexo!.. Vamos a elas?
Como conviver em casal: 5 passos para acertar no caminho para a felicidade
Como conviver em casal: 5 passos para acertar no caminho para a felicidade
Quando se vive com alguém, a grande pergunta é: o que pode ser feito para que corra tudo bem? E cá estamos nós, com as respostas.
9 séries da Netflix para este Outono/Inverno de "manta e pipocas" em casal
9 séries da Netflix para este Outono/Inverno de "manta e pipocas" em casal
Quando chega o frio, o conforto de casa e mais concretamente o sofá, converte-se no melhor lugar para estar em casal e estas séries serão a cereja no topo do bolo perfeita para esses planos caseiros.

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar na Zankyou!
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação