Já escolheu o nome para o seu bebé? Saiba quais são os nomes mais utilizados e os mais originais

Já escolheu o nome para o seu bebé? Saiba quais são os nomes mais utilizados e os mais originais

Nunca se sabe quando poderá precisar de uma informação tão valiosa. Dê uma vista de olhos! Damos-lhe pistas extremamente úteis!

Já escolheu o nome para o seu bebé? Saiba quais são os nomes mais utilizados e os mais originais
Foto via Shutterstock: Rawpixel.com
  • Vida a Dois
  • Conselhos
  • International
  • Msn
  • Crianças
  • Casal

Talvez seja cedo para estar a pensar neste assunto, mas provavelmente não será nada má ideia dar uma vista de olhos neste guia com nomes de meninos e meninas, para ir já pensando no futuro. Quais são os nomes da moda? Que nomes é que fogem à norma? Há quem use a sua grande imaginação para escolher o nome dos filhos, enquanto outros se deixam levar pelas tendências. E o que dizer sobre a tradição? Sim, há nomes de antigamente que foram recuperados. Continue a ler e tome atenção! Quem sabe não faz já a sua escolha?

Os clássicos intemporais

Há nomes que parecem nunca passar de moda e continuam em alta, com boas perspetivas de se perpetuarem no tempo. No caso dos rapazes, João, Miguel ou Manuel (Manel) são nomes que parecem não pertencer a nenhuma época em particular, continuando a ter grande sucesso nas escolhas dos pais. João, inclusivamente, tem vindo a ser nos últimos anos um dos nomes mais utilizado em Portugal, apesar de ocupar o segundo lugar nos nomes mais usados em 2019, logo a seguir a Francisco. Outros nomes intemporais e populares são Rodrigo, Pedro, Tiago ou Diogo. No que diz respeito às meninas, Maria continua no topo das preferências dos pais, sendo também um dos nomes clássicos e intemporais, tais como Joana ou Leonor, este último também em segundo lugar nos nomes mais comuns em Portugal, logo seguido por Matilde. Outros nomes que o ano passado se encontraram no Top 10 dos mais escolhidos são Carolina, Beatriz, Alice, Benedita, Mariana, Ana e Francisca para as meninas; Santiago, Afonso, Gabriel, Duarte, Lourenço, Miguel e Tomás para os meninos. Assim, para o nome dos seus filhos, pode seguir as tradições ou procurar ser um pouco mais original. Ambas as opções são – obviamente! – adequadas. Depende de vocês.

Leia também: Qual é o melhor momento para ter o primeiro filho?

guardarsindlera
Foto via Shutterstock: sindlera

Novas “incorporações”

Apesar dos nomes não sofrerem alterações particularmente repentinas, pois a sua implementação requer algum tempo, há nomes que começam a surgir aos poucos, não obstante não ocuparem os primeiros lugares do pódio. Muitos destes nomes têm a ver com a mistura de culturas e com fortes influências de outros países. Em 2019 destacam-se alguns nomes que resultam de variantes dos nomes portugueses – nas meninas Miriam, Alicia ou Isabella; nos rapazes, Diego ou Davi – e outros que, apesar de terem origem no estrangeiro, começam a ter alguma expressão dentro das nossas fronteiras: no que diz respeito às meninas, destacam-se os nomes Yara, Yasmin, Emma, Noa e Luna; em relação aos rapazes, curiosamente também há Noah (mas com ‘h’) e ainda Enzo, Kevin, Matheus, Lorenzo e Bryan.

Leia também: 20 experiências que deve ter com o seu parceiro antes de ter filhos

guardarMiniImpressions
Foto via Shutterstock: MiniImpressions

Nomes Medievais

Não quer perder as últimas novidades para o seu casamento?

Subscreva a nossa newsletter

Como tudo o que é antigo volta a estar na moda, e tal como aconteceu com as calças skinny, o vinil e os óculos de massa, os nomes da Idade Média regressaram em força e sem nenhum tipo de conotação negativa. Na realidade, são nomes considerados modernos e com posições cimeiras na lista dos nomes mais utilizados nos últimos anos. Afonso, Alexandre, Bernardo, Dinis, Duarte, Gonçalo, Henrique, Mateus ou Lourenço são alguns dos exemplos para os rapazes; Catarina, Clara, Francisca, Helena, Isabel, Constança, Inês, Filipa ou Clara para as raparigas. Em todos eles respira-se um ar de grandeza e importância história. São nomes poderosos e ao mesmo tempo delicados.

Leia também: “Eu não quero ter filhos”: argumentos para entender mais e julgar menos

guardarBabich Alexander
Foto via Shutterstock: Babich Alexander

Os famosos e a cultura pop

Por vezes é difícil admito-lo, mas o cinema, a música, o desporto, a televisão e os seus protagonistas têm uma grande influência sobre nós. Quem sabe, até em demasia. Senão, não existiram uns quantos Cristianos Eusébios… E depois existem os pais “freak”, que homenageiam os seus filmes e séries favoritas através do nome que escolhem para os filhos. Talvez em Portugal o fenómeno não seja tão evidente, mas, por exemplo, nos Estados Unidos encontramos registo de bebés com nomes de personagens de séries televisivas famosas como Stranger Things (Dustin, Joyce e Mike) ou Walking Dead (Tyresse e Carol), assim como do filme Esquadrão Suicida (Harley).  O filho do ator Nicolas Cage, por exemplo, chama-se Kal-El, o nome de Clark Kent (Super Homem) no seu planeta de origem. Tudo pode acontecer.

Leia também: Dicas para conciliar o trabalho com a chegada de um bebé

guardarRawpixel.com
Foto via Shutterstock: Rawpixel.com

Lugares e momentos únicos

Para alguns casais, o nome dos seus filhos não é, de todo, um assunto trivial. Por isso, procuram acrescentar-lhe importância, baseando a sua escolha em algo significativo ou representativo para os dois. David Beckham, por exemplo, escolheu o nome dos seus filhos tendo em conta o lugar da sua conceção ou nascimento: Brooklyn, Romeo e Cruz (a sua filha chama-se Harper, pelo que provavelmente não segue o mesmo critério dos irmãos). Os filhos de Gwyneth Paltrow chamam-se Apple (sim, maçã) e Moses (Moisés). Cada casal considera especial algo muito concreto e decidem dar-lhe vida desta forma. É também o caso de nomes como Esperança, Luna, Íris, Alma ou Sol, que carregam um significado muito especial.

Leia também: Está grávida? Anuncie-o no seu (próprio) casamento

guardarconrado
Foto via Shutterstock: conrado

Nomes originais

Na Zankyou gostamos da originalidade. Por isso, apesar dos nomes terem sempre a sua graça, preferimos adotar uma atitude similar à dos famosos, sem sermos demasiado pretensiosos. Um nome original torna uma pessoa única. Neste sentido, não será nada má ideia mergulhar nas origens da família, ter em conta alguma viagem importante, extrair o nome de alguma cultura que nos chame a atenção (na Grécia Antiga tinham verdadeiras joias) ou ter como base alguma paixão pessoal. Chanel, Eleanor, Estrela, Tiara, Jasmim ou Suri podem ser uma lufada de ar fresco para as meninas; Aramis, Arcanjo, Camilo, Robin, Rodolfo ou Nando para os rapazes. Mas atenção: muito cuidado com a questão da originalidade. Pensem no impacto que um nome embaraçoso, propenso a risadas ou conotações menos positivas pode ter na vida de uma criança e, mais tarde, no adulto. Originalidade, sim, mas sempre com bom senso!

Leia também: Casamento sem crianças: 5 formas educadas de dizê-lo aos seus convidados

guardarOlesia Bilkei
Foto via Shutterstock: Olesia Bilkei

Gostou de algum nome? Sentiu-se inspirada(o) com algumas das pistas que lhe demos? Se ainda é cedo para pensar em ter filhos, coloque este artigo nos favoritos e volte a lê-lo quando chegar o momento certo para aumentar a família!

Talvez também lhe interesse: