15 coquetéis espectaculares para dar brilho e classe ao seu casamento

Um casamento sem coquetéis acaba por se assemelhar a todos os casamentos do século passado. E não queremos que o seu seja assim! Ainda que não esperemos que a sua noite se assemelhe a um local de luxo em Nova Iorque, ajudá-mo-la a dar um toque chique em matéria de coquetelaria para brindar num dia especial e fugir ao convencional. Deixando de lado os coquetéis vanguardistas, que ficam na posse dos grandes génios, oferecemos-lhe os clássicos que nunca vão deixar de encantar. Prepare o paladar!

Verde aos Molhos - CateringAgende uma reunião com Verde aos Molhos - Catering
Verde aos Molhos – Catering
Maksim Fesenko
Foto vía Shutterstock: Maksim Fesenko

Cosmopolitan

Irá sempre triunfar e os seus convidados irão sentir-se tão cool como Carry Bradshaw nos melhores locais da série Sexo e a cidade. A mistura de vodka, triple sec, sumo de lima acabada de espremer e sumo de mirtilos são uma deliciosa e sofisticada aventura para paladares selectivos. Tem variantes como o Barbados Cosmopolitan, o Cosmopolitan Morning e o Strawberry Cosmopolitan, que alteram os licores e as frutas mas mantêm a essência. Servem-se em copos de cóqueteil com casca de limão.

Evgeniya Ulanova
Foto vía Shutterstock: Evgeniya Ulanova

Old Fashioned

200 anos de antiguidade e continua a ser um dos mais bebidos e célebres do mundo, alcançando o posto mais alto em múltiplas ocasiões. Don Draper, protagonista da série Mad Men, voltou a pô-lo na moda. Prepara-se com bourbon, bitter, açúcar e água, nada mais. No entanto, o porte elegante e masculino que proporciona a quem o bebe dá poder a uma bebida aparentemente simples. É puro fogo e tem um copo e tem um copo especial para ele.

Yulia Grigoryeva
Foto vía Shutterstock: Yulia Grigoryeva

Mai Tai

Rum branco e preto, coração de laranja, xarope de orchata e sumo de limão nutrem os copos de Mai Tai mais especial, também objecto de revisões. Na sua composição nota-se a “boa onda” californiana do estado que o viu nascer e as referência taitianas nas quais se baseia. Bastante divertido.

Brent Hofacker
Foto vía Shutterstock: Brent Hofacker

Negroni

O tempo não conseguiu aguentar com um dos velhos roqueiros do mundo da coquetelaria. De origem italiana é ideal para o aperitivo. Campari, Vermute doce e gim são os três protagonistas, misturados em partes iguais e coroados com uma casca de laranja, por vezes em espiral. Elegante e ácido, não é uma bebida para qualquer um.

Evgeny Karandaev
Foto vía Shutterstock: Evgeny Karandaev

Pina Colada

Diversão tropical que nasceu em Porto Rico, igual aos ritmos do Caribe que nos levam às maravilhosas praias do sul da América. É composta por rum, leite de coco e sumo de ananás e é tão doce como emocionante em todos os sentidos.

HALCHYNSKA KSENIIA
Foto vía Shutterstock: HALCHYNSKA KSENIIA

Manhattan

O coquetel faz referência ao The Big Apple mas desconhece-se o motivo em concreto estando aberto a múltiplas especulações. O whiskey e o Vermute vermelho são as suas bases, mas costuma também levar um pouco de bitter de angostura. No entanto, a sua receita exacta é um mistério e, quem sabe por isso, as várias formas de o fazer tenha sido uma constante neste sector.

Alp Aksoy
Foto vía Shutterstock: Alp Aksoy

Californication

Lembra-lhe a canção de Red Hot Chili Peppers com o mesmo nome? O coquetel faz homenagem a este tema da banda californiana e, claro, junta nos seus ingredientes: rum, vodka, tequila e gim com licor de laranja, sumo de limão e sumo de laranja a gosto. Uma bomba doce e deliciosa.

Dizzle and Dip
Foto vía Shutterstock: Dizzle and Dip

Daiquiri

A diferença de alguns coquetéis sóbrios que o precedem,o daiquiri é uma explosão de alegria, sabor e “boa onda”. Nascido em Cuba, o ritmo chega até ao copo mediante o rum branco, sumo de limão ou lima e açúcar. No entanto, a sua receita sofreu algumas alterações dando lugar a daiquiris de banana, morango, ananás ou laranja, por exemplo. Desfrute das várias fantásticas versões!

Ildi Papp
Foto vía Shutterstock: Ildi Papp

Whiskey Sour

O coquetel que nunca decepciona pela perfeita combinação dos seus produtos e a sua infinita essência. Bourbon, sumo de limão e açúcar destacam-se numa composição que também aceita claras de ovo (sim, é verdade). Uma combinação séria com um toque divertido.

Brent Hofacker
Foto vía Shutterstock: Brent Hofacker

Long Island Iced Tea

Não se deixe enganar pelo nome do coquetel: não leva chá (ou, não só)! Tão simples como rum, vodka, tequila, gim, triple sec, sumo de limão e coca-cola. Sim, talvez leve demasiadas coisas mas misturadas com arte, o resultado é uma delícia.

Ivan Mateev
Foto vía Shutterstock: Ivan Mateev

Margarita

Tequila, sumo de limão e Cointreau dão vida ao original coquetel alegre mexicano. Não obstante, foi submetido a múltiplas experiências até se conseguirem margaritas de todos os sabores. O copo de margarita é o seu recipiente estrela, com sal nas bordas que, em contacto com o doce do coquetel, cria um delicioso contraste na boca. Mas cuidado, que a tequila sobe mais do que aquilo que pode imaginar ainda que saiba a fruta.

Brent Hofacker
Foto vía Shutterstock: Brent Hofacker

Sazerac

Bastante típico em tabernas estadunidenses, com whisky, xarope de açúcar mascavado, bitter de angostura e um pouco de Peychaud para conseguir um sabor autêntico.

Brent Hofacker
Foto vía Shutterstock: Brent Hofacker

Mojito

As bebidas tropicais são obrigatórias nos casamento para adicionar um pouco de vida e, sobretudo, para alegrar os convidados que não desfrutem com uma bebida convencional. Todos conhecemos a sua receita, ainda que também existam variações. A original, com rum, açúcar amarelo, hortelã, limas, bitter de angostura e água mineral, continua a ser um êxito por todo o mundo. 

Oxana Denezhkina
Foto vía Shutterstock: Oxana Denezhkina

Moscow Mule

O toque russo da vodka, a especialidade da cerveja de gengibre e o sumo de lima constituem este coquetel simples, na teoria, mas maravilhoso na prática. Em copos de cobre seria muito melhor mas, sabemos que é pedir demasiado. Não se esqueça do gelo picado para lhe dar mais vida e frescura!

Joshua Resnick
Foto vía Shutterstock: Joshua Resnick

Appletini

Contem duas partes de vodka, uma parte de vermute branco, duas partes de licor de maça, uma parte de limão e duas partes de gasosa ou sumo de lima-limão. É bastante doce e bebe-se sem dificuldade por isso é preciso ter cuidado!

Brent Hofacker
Foto vía Shutterstock: Brent Hofacker

Deu-lhe sede? Escolha alguns destes coquetéis para o seu casamento e elabore uma carta que satisfaça todos os seus convidados. Seja original e não se fique apenas pelas bebidas mistas!

Se gostou deste artigo, veja também Slush Frenzy! Quando os gelados também são cocktails e Cocktails à base de champagne: 7 (bons) motivos para “contornar” a tradição

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Dê-nos a sua opinião

Fotoclick
Conselhos para escolher o melhor #hashtag do seu casamento
Não perca a oportunidade de partilhar o seu casamento nas redes sociais mediante uma só etiqueta. Que chovam fotos!
Foto: João Almeida
10 lugares para fazer amor e dar um "boost" ao casamento
Rompa as regras, experimente novas situações e acabe com a rotina na sua vida sexual. Há imensos locais que podem ajudá-lo. É dos recatados ou gosta de sentir a adrenalina a subir? Para ambos os casos, temos a solução.
Como escolher o serviço de Catering para o meu casamento
Como escolher o serviço de Catering para o meu casamento
Se há “pormenor” do qual toda a gente se lembra num casamento é… a comida! Por isso é essencial contratar boas empresas para fazer deste um dia inesquecível

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar na Zankyou!
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação