Como escolher o menu do casamento em cinco passos

A escolha do menu é uma das fases mais divertidas da organização de um casamento. Primeiro, o casal tem de pensar que tipo de comida pretende. Por exemplo, tipicamente portuguesa, de autor, com fusões orientais, you name it! A imaginação é o limite. Claro que, para isso, deve contar com uma boa equipa de catering e/ou um chef bastante talentoso e criativo.

Depois, é pensar na forma como as refeições vão ser servidas e por que ordem. Isto tanto no banquete, como no cocktail. Se optar por incluir buffet, pode sempre colocar à disposição vários tipos de comida com mais do que uma influência mundial. Garantimos que a degustação das várias opções será uma experiência muito suculenta.

Desde que os tempos mudaram e os casamentos deixaram de ser padronizados, que o trabalho de organização é mais árduo, porque requer mais criatividade, mas é também muito mais dinâmico. Neste momento, a questão dos cardápios especiais, organizados sob a égide das alergias (lactose, glúten), ideais (vegetarianismo, veganismo) ou religiões entram em cena.

Vale tudo! Como tal, não perca nenhum detalhe de como escolher o menu do seu casamento em 5 passos.

Passo 1. Oferecer bebidas variadas

Como a época dos casamentos por excelência começa em maio, e a maioria dessas celebrações ocorre na primavera e no verão, os convidados procuram logo por bebidas frias. E essa busca incessante começa logo no cocktail, que deve incluir as três bebidas principais (cerveja, vinho e refrigerantes), embora haja muito mais onde você possa escolher, claro!

Wendy Creating Moments | Foto: Nelson Costa Fotografia
Wendy Creating Moments | Foto: Plumeria

Se quiser apostar na variedade e, já agora, em bebidas saudáveis, desfrute da “alegria” do chá gelado, dos sumos naturais e dos smoothies, variantes muito refrescantes que, neste último caso, utilizam frutas 100% naturais. Você também pode optar por servir sangria (de vinho tinto, branco ou champanhe), ou cocktails criados pelos bartenders. O importante é saciar a sede de seus convidados, mas também oferecer alternativas e criar boa impressão, já que as bebidas são o primeiro detalhe gastronómico que você disponibilizará na festa. Prepare-os para o melhor.

My Fancy Wedding
My Fancy Wedding

Para o banquete, apresente uma seleção de diferentes vinhos, cervejas, refrigerantes e alternativas, como cocktails, para os mais ousados. Para a festa, não se esqueça da variedade de bebidas alcoólicas, com as marcas mais em voga e as misturas habituais, incluindo surpresas para momentos chave. Assuma riscos com novidades. De certeza que deixará os seus convidados de quatro!

My Fancy Wedding

Passo 2. Organizar um cocktail perfeito

O cocktail é um dos momentos mais interessantes do casamento. Os convidados começam a relacionar-se e “palavra puxa palavra”, puxa também para a vontade de saborear algo, de copo na mão, enquanto se refresca a garganta. Esta é, sem dúvida, a melhor altura para surpreender (pela positiva) e deixar os convidados ainda mais expectantes quanto ao resto da celebração, nomeadamente da vertente gastronómica.

Foto: It’s all about…
Páteo Velho – Catering

O mais importante é ser original. Evite apresentar “mais do mesmo” e brinde-os com novos produtos, reinvenções, comidas exóticas, alimentos de fusão e apresentações inovadoras. Tudo isso “cairá” no seu convidado de uma maneira especial, criando-lhe uma memória inesquecível.

Páteo Velho – Catering

Aproveite a influência de outros países para sair da rotina. O sushi já tem vindo a roubar corações há muito tempo. Chegou a hora de optar também por tempuras, comida mexicana, com influências árabes, aperitivos peruanos, ceviches e espetadas com a melhor carne argentina e pequenos hambúrgueres com molhos exclusivos. A gastronomia do mundo inclui uma paleta de sabores muito especial, com a qual você pode jogarA partir daqui, a imaginação do chef é o único limite.

Gémeos Catering. Foto: Rita Rocha

Recorra a apresentações únicas e a diferentes formas de consumir os alimentos. Utilize colheres, pauzinhos, cones e recipientes de todos os tipos. Incentive seus convidados a usar as mãos e sirva molhos, para que apreciem novas sensações.

Páteo Velho – Catering

Lembre-se de incluir comida mais saudável e especial para os intolerantes. Ofereça assim variantes vegan, como hummus, tapenade (pasta de azeitonas), sushi vegan, hambúrgueres vegetarianos, saladas e sopas, como o frio gaspacho. Por outro lado, inove na disposição do espaço. Sugerimos que prepare cantinhos, tão famosos nos últimos anos, e cada vez mais recorrentes pela versatilidade que oferecem, tanto para comer como para interagir com outros convidados

Photo by Kelly Jean on Unsplash

Passo 3. O primeiro prato

Aconselha-se que disponibilize aos convidados informação sobre os diferentes ingredientes que compõem os pratos. Os alimentos com alergénios figuram nos menus dos melhores restaurantes, portanto é normal que o do seu casamento também tenha alguns alimentos “perigosos”. Isso deve ficar claro para os seus amigos e familiares. Como tal, deve pensar em alternativas para intolerantes, diabéticos, celíacos, vegans ou vegetarianos.

Nos casamentos de outono e inverno, o primeiro prato serve para aquecer. É por isso que um creme ou uma sopa quente seja perfeita. Mas o primeiro prato também pode ser algo mais elaborado. Cabe a si escolher. Para o efeito, use legumes, moluscos e frutos do mar. Fica sempre bem!

Páteo Velho – Catering

No verão, o cardápio é mais frio e isso vem refletido neste primeiro prato, composto por cremes e sopas frias, mas também por outros alimentos mais elaborados. Assim, recomenda-se saladas frias ou condimentadas, com perdiz ou lagosta; cremes finos, tipo vichyssoise, cogumelos ou cenouras; carpaccios e tártaros de salmão ou atum acompanhados de pickles e frutas cítricas; gaspachos tradicionais ou variantes de melancia, morangos ou framboesas; salmorejo e alho. As opções para o verão são mais amplas e suculentas, além de refrescantes.

Páteo Velho – Catering

Passo 4. O segundo prato (e terceiro)

No caso de o menu incluir apenas um prato principal, o sorvete (se houver) será servido imediatamente antes do mesmo. Variedades de tangerina, manga, bagas ou mojito foram adicionadas ao sorbet tradicional de limão e lima. Se o menu previr dois pratos principais, geralmente de carne e peixe, o sorvete será colocado entre eles e evitará assim a sobreposição de sabores.

Foto: Kimbery Chau

No caso da carne, a vermelha sempre teve um lugar de eleição, mas como é mais rica em gordura, foi recentemente substituída por carne de frango (mais saudável). Tendo em conta que num casamento as pessoas tendem a comer mais do que nos outros dias, esta pode ser uma boa alternativa. O pato também tem vindo a ganhar adeptos ao longo dos anos. E para acompanhar carnes vermelhas ou de aves, sugerimos molhos agridoces para gerar contraste, assim como pequenos detalhes nos pratos, como molhos secundários ou acompanhamentos surpresa (eucalipto, flores, frutos).

Verde aos Molhos - Catering
Verde aos Molhos – Catering

No caso dos peixes, a garoupa, o linguado, o pargo, e pescada são as opções mais tradicionais e recorrentes. Mas também pode optar pelo atum, cavala ou robalo (com mais adeptos nos últimos anos). Cada uma destas espécies é elaborada de formas diferentes, com vários acompanhamentos, alguns mais avant-garde e mais tradicionais, outras mais ousadas. Neste caso, já se recorre a molhos criativos, tempuras, verduras ou batatas sautée de diferentes estilos e preparações, frutas, produtos exóticos, como ervas e especiarias. O importante é jogar com texturas, sabores e cheiros para criar sensações únicas.

A alternativa vegana é essencial, assim como a opção sem glúten ou sem lactose, duas das intolerâncias que mais evoluíram nos últimos tempos. Seitan com creme de batatas, risoto vegetariano ou bolinhos de legumes são opções certeiras em casamentos com convidados veganos.

Se servir, no seu casamento, dois pratos principais, combine as sugestões mencionados acima para ter uma variante de carne e peixe, ou pratos veganos, se necessário.

Verde aos Molhos Catering

Passo 5. Sobremesas e surpresas

O toque final do banquete deve ser surpreendente, em especial nos dias de hoje, em que a experimentação e os pratos de fusão estão cada vez a dar mais que falar. Hoje, a gastronomia é uma arte e a pastelaria é uma das áreas que permite mais inovação e criatividade.

Foto: Aguiam Wedding Photography

O bolo de casamento não é a única sobremesa apresentada num casamento. Há outras super deliciosas, como é o caso das frutas preparadas em espetos ou sorvetes de diferentes sabores. Além disso, as pequenas sobremesas, como bolinhos, biscoitos ou doces dispostos em diferentes áreas da sala ou jardim, dão um toque de sofisticação e até de aconchego ao copo d’água. Concorda? Então, por que não deliciar os seus convidados?

Foto: João Almeida
Aguiam Wedding Photography
Fotografia: Aguiam Wedding Photography

Voltando ao bolo, saiba que existem muitos tipos. Tanto pode ser o clássico (ou fondant) de massa branca – o bolo de casamento por excelência -, o naked cake, drip cake ou glacée; de estilo vintage; ou decorado com frutas e flores; o bolo aguarela (ou tela) que mistura tons como se fosse uma pintura; o plissado – um dos mais elegantes, já que usa formas onduladas com aspeto de merengue ou de pétala – e, finalmente, o bolo falso, vazio por dentro, mas usado apenas para cumprir o ritual de cortar o bolo, deixando outra sobremesa para os convidados.

Além dos doces, destaque para as tradicionais sanduíches, pizzas, hambúrgueres, tostas e empanadas.

Pims Cake Design
Pims Cake Design

Já se sente mais descansada agora que já sabe como organizar o menu do seu casamento? Agora, só falta tomar nota destas dicas para criar um menu de “comer e chorar por mais” no seu casamento. Até os menus alternativos podem ser maravilhosos. Deliciem-se vegetarianos, diabéticos e celíacos.

Veja também os nosso conselhos fundamentais para escolher o catering para o seu casamento.

E para ajudá-la na organização 

Descarregue também o nosso ebook 

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Dê-nos a sua opinião

Como organizar um casamento de dois dias em cinco passos
Como organizar um casamento de dois dias em cinco passos
Tanto trabalho na organização da festa de casamento para depois só a usufruir num só dia? De facto, pode parecer pouco. E, se calhar, é. Por isso, há muitos casais que prolongam os festejos por dois dias ou mais... Será o seu caso? Então saiba como organizar o seu casamento de dois dias em cinco passos
Como organizar um casamento íntimo em cinco passos
Como organizar um casamento íntimo em cinco passos
"Poucos mas bons", "menos é mais", muito se poderia dizer para justificar um casamento intimo. Mas hoje vamo-nos focar apenas nos cinco passos essenciais para o organizar. Tome nota!
Aguiam Wedding Photographers
Casamento Biológico: saiba como criar o menu ideal
Hoje em dia deparamo-nos com casais cada vez mais modernos que apostam em menus biológicos, autênticos e simples para brindar todos os seus convidados

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar na Zankyou!
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação