Como sobreviver a um casamento com chuva em 5 passos

Podem ser muitos os receios que assaltam os noivos antes do casamento, mas o maior de todos será, quase indubitavelmente, o tempo e, em particular, a possibilidade do grande dia ser “molhado” (mesmo que se diga que o casamento é abençoado!). Porque a verdade é que a chuva é um inconveniente, sobretudo no caso dos casamentos ao ar livre, podendo dar o ar da sua graça a qualquer momento e em qualquer altura, mesmo nos meses mais quentes. Assim, para qualquer celebração – inclusive casamentos “à porta fechada” – a chuva é, efetivamente, um problema, pois pode atrapalhar, não só a cerimónia e/ou a festa, mas também causar problemas nas deslocações ou nos trabalho dos serviços contratados, já para não falar quando arruína os penteados que mereceram tanto esforço para estarem perfeitos!

Por isso, e para qualquer estilo de celebração e independentemente da estação do ano, você precisa de conselhos e de um plano B para sair airosa de qualquer situação. Em concreto, você precisa destes 5 passos para saber como sobreviver a um casamento chuvoso:

Passo 1. Munir-se de acessórios para a chuva 

Não lhe vamos aqui revelar uma série de itens mágicos que milagrosamente irão combater a chuva. Vamos, sim, falar-lhe dos acessórios com que nos protegemos sempre e que devem estar disponíveis quando são mais necessários. Por isso, é muito simples: muna-se de guarda-chuvas, de capas para a chuva e de roupas quentes, que a possam ajudar a sair de qualquer embaraço.

GUIDA Design de Eventos. Foto: Dreamaker

Ok, ficou em choque. Só de imaginar todos estes itens para o seu grande dia… Mas lembre-se que o que está aqui em causa é a garantia que se vai conseguir defender da chuva caso ela apareça sem avisar ou mesmo quando ela se fizer anunciar alguns dias antes. Não vai querer mudar de data, pois não? Para os problemas, arranjam-se soluções! E hoje em dia existem milhares de opções que, em vez de arruinarem o grande dia, lhe podem dar um toque de originalidade e bom gosto.

Aproveite a situação. Muitos dos espaços para casamentos, já habituados à imprevisibilidade do tempo, conhecem e trabalham com empresas que fornecem guarda-chuvas e outros itens para solucionar este tipo de inclemências. E tudo dentro da moda, adaptando-se aos diferentes estilos possíveis, tendo cuidado com detalhes e sem perder sentido estético.

Photo by Joel Overbeck on Unsplash

Entretanto, se a chuva trouxer consigo o frio – o que será mais provável se for mais do que uma simples tempestade de verão – o importante é que os noivos e os convidados se possam agasalhar com peças de roupa quentes, em perfeita consonância com a indumentária que escolheram para o grande dia. No caso das noivas, podem optar por usar casacos de pele sintética, casacos de cabedal, boleros ou jaquetas.

Por seu turno, se quiser evitar uma mescla incongruente de chapéus ou capas de chuva, pode pedir aos seus convidados que usem peças ou cores dentro do mesmo estilo e do bom gosto da sua celebração. Ou ainda, e caso possuam orçamento para isso, oferecerem você mesmos estas peças. Desta forma o casamento será protegido e muito mais original.

Passo 2. Contratar um espaço que ofereça alternativas

Trata-se do seu casamento, por isso é normal que contrate o espaço que melhor se adapte ao vosso orçamento e aos vossos desejos. E certamente que está a fazer de tudo para seja perfeito, sobretudo porque irá realizar o sonho da sua vida: casar ao ar livre. Tudo se proporciona, até porque atualmente os jardins e a natureza selvagem têm vindo a ganhar pontos nas celebrações nupciais, sendo que a oferta destes locais é cada vez maior. Por isso, e com todas as decorações já pensadas, o casamento promete ser, efetivamente, um sonho tornado realidade.

Photo by photo-nic.co.uk nic on Unsplash

Mas, e se começar a chover? Não se deixe apanhar pela surpresa e pense sempre num plano B. Sempre! E desde o primeiro momento! Mesmo que o seu casamento ocorra em pleno julho e a previsão anuncie um sol esplendoroso. Assim, e antes de contratar qualquer local, certifique-se de que o mesmo possui uma zona abrigada, que acolha confortavelmente todos os seus convidados. E – muito importante – que se coadune com a filosofia do espaço. Sim, porque se escolheu um determinado local pelo seu ambiente, estilo e possibilidades, o seu “plano B” deve ser semelhante.

Dos espaços mais habituais para se proteger da chuva, além dos salões de cada espaço, destacam-se os mandris, os toldos, as tendas, os tipi e locais especialmente condicionados, como estufas ou adegas.

Passo 3. Optar por maquilhagem e penteados à prova de água

Esta é uma dica para todas as convidadas e não apenas para a noiva. E não é porque elas vão chorar durante a grande data – embora também, muito possivelmente, isso possa acontecer!- mas porque a chuva, em grandes ou pequenas quantidades, pode arruinar qualquer look. Assim, se tiver intenções de maquilhar-se au point para este grande dia, deve fazê-lo com maquilhagem à prova de água, a chamada waterproof.

Photo by Valerie Elash on Unsplash

Por seu turno, não se esqueça do penteado, porque o cabelo também necessita de um toquezinho extra para evitar lamentações. Converse com o seu cabeleireiro ou hairstylist, para que ele utilize produtos adequados ou opt por um penteado especial para os dias de chuva (embora saibamos que, certamente, ele já saiba o que fazer de antemão). Use uma boa máscara e um bom spray para que a chuva ou o vento – no caso deste decidir fazer também a sua aparição – não arruíne o evento.

Passo 4. Calçar sapatos antideslizantes

Se não quer que o seu casamento se torne uma competição de patinagem (e não necessariamente artística…), é melhor ter em conta os sapatos que vai usar, especialmente se for a noiva ou o noivo. Sim, porque apesar de aconselharmos que avisem os vossos convidados no caso de saberem que está prevista chuva para o dia do casamento, a verdade é que os noivos é que são os protagonistas, o foco de todas as luzes, e não se podem dar ao luxo de “cometer nenhum deslize”, se não quiserem acabar nas compilações de quedas em casamentos de YouTube. Por isso, e tendo em conta os passeios que vão dar, as danças, as explosões de emoção e outros movimentos plausíveis, é melhor não arriscar!

casamentos chuva
Foto: 1Love4ever Photography

O que fazer? As solas antiderrapantes são a primeira opção, estando já incorporadas no próprio sapato ou adaptando-se a ele, para evitar complicações. Mas além disso, há uma segunda opção: saltos antiderrapantes. E estes não precisam ser de fábrica, mas podem ser “fabricados” manualmente e em casa. Basta usar uns tampões de plástico que se encaixem nos saltos, como tampas, para impedir qualquer tipo de queda. Assim, tão fácil!

Passo 5. Tirar proveito das fotografias

Embora a maioria dos noivos suspirem por fotografias cheias cor e luz, a verdade é que subestimam as possibilidades que a natureza nos pode oferecer. É verdade que as fotos com bom tempo têm mais possibilidades técnicas, mas o mau tempo pode melhorar o visual artístico das mesmas, permitindo que os cinzas ajudem a imprimir um ar de filme e mistério simplesmente espetacular. Os céus, tingidos de nuvens de diferentes formas e tonalidades, são cenários perfeitos para verdadeiras obras de arte, porque as fotografias e os envolvidos podem desfrutar de um toque dramático muito especial. O mesmo se pode dizer em relação à chuva em si, um belo elemento nas fotografias, bem como aos instrumentos que utilizamos para combatê-la, que podem agregar dinamismo, cores, formas e originalidade. Por fim, também os próprios locais escolhidos podem ser uma mais-valia, proporcionando um outro tipo de ambiente.

casamentos chuva
Foto: It’s all about…

Assim, e apesar de amarmos as fotografias de céu esplêndido, sol radiante e praias paradisíacas, por vezes as imagens que revelam mais magia e arte são aquelas que aproveitam a tristeza da paisagem para se enriquecerem e texturizarem.

casamentos chuva
Foto: 1Love4ever Photography

Se gostou deste artigo, veja também os nossos conselhos para organizar um casamento sem stress, desfrutando de uma forma muito especial de cada um dos momentos desta fase de preparação.

Talvez também lhe interesse:

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Dê-nos a sua opinião

Vai casar de óculos? Conheça 8 dicas para sobreviver no dia do casamento
Vai casar de óculos? Conheça 8 dicas para sobreviver no dia do casamento
É certo que a maioria das noivas usam lentes de contacto no grande dia, mas há pessoas que simplesmente não podem usá-las. Neste artigo, revelamos-lhe algumas dicas para que tudo corra bem no grande dia e possa sentir-se uma noiva sensual.
Como decorar o seu casamento no outono: os 5 passos fundamentais
Como decorar o seu casamento no outono: os 5 passos fundamentais
Escolheu o Outono para o seu casamento? A Zankyou pode ajudar com as dicas certeiras para tornar o seu dia ainda mais bonito!
Como organizar um casamento low-cost em 5 passos
Como organizar um casamento low-cost em 5 passos
Se não pode investir muito dinheiro no seu casamento, deixamos-lhe aqui os passos fundamentais para organizar um casamento de baixo custo, sem ter de desistir de nenhum detalhe

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar na Zankyou!
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação