Publicidade

Como decorar o seu casamento na primavera em cinco passos

Casar na primavera é luz, raio, estrela e luar... Aproveite a natureza, saia cá para fora e diga "sim" com muita cor e alegria. Damos-lhe cinco maneiras de o fazer. Tome nota!

Como decorar o seu casamento na primavera em cinco passos
  • Decoração
  • Recomendações
  • Msn
  • Decoração
  • Primavera

Cada estação tem as suas próprias características. Não nos vestimos da mesma forma no verão como no inverno! Não apenas por causa da temperatura, mas por causa das cores e das forma e dos motivos. Pois, num casamento acontece exatamente a mesma coisa! A “personalidade” das estações influencia diretamente as decisões de um casamento, especialmente na decoração. E, na primavera, cores, cheiros e alegria fluem por toda parte.

Publicidade

Por que não usar e abusar destes elementos para obter uma decoração primaveril espetacular no seu grande dia?

Dizemos-lhe já como decorar o seu casamento na primavera em cinco passos.

Passo 1. Use os elementos típicos da estação

A primavera é uma das estações mais bonitas. Embora algumas vezes chova, o bom tempo reina. Assim, com a mistura de sol e chuva, as flores crescem em todo o seu esplendor. Como tal, sugerimos que use e abuse deste elemento da natureza!

Não quer perder as últimas novidades para o seu casamento?

Subscreva a nossa newsletter

Mas antes de começar a escolher as flores, pense que não pode exceder-se nos tipos nem nas cores. Tente manter uma harmonia e equilíbrio, para criar um todo que faça sentido. É que tudo conta: o espaço e tipo de celebração, o interior, o exterior e até a hora em que a boda é celebrada.

guardar
Foto: 135 milímetros

Nos casamentos religiosos, as igrejas têm várias opções de decoração, embora estas dependam muito do estilo do casal e da própria celebração. Apesar disso, em termos gerais, se colocar na entrada pequenos arbustos e encher o corredor com pétalas, já está a dar aquele toque primaveril ao seu casamento. Depois, pode continuar a enfeitar o local, decorando as portas com arcos de flores e folhas. Em seguida, nos bancos, pode incluir pequenos aglomerados de flores silvestres ou uma grande flor amarrada com finas cordas de tecido. As colunas, ficam ótimas com grinaldas de flores brancas, como margaridas, mais adequadas para casamentos clássicos. Para terminar, coloque no altar pinho verde. Mas se você não quer exceder-se na decoração, só neste spot, opte por flores soltas, em vasos, em queda ou em bouquets.

Neste tipo de celebrações, o tipo do local no qual o casamento é celebrado tem muita influência na escolha da decoração. Em igrejas de estilo românico, as flores com formas arredondadas geralmente vencem, devido ao seu caráter romântico e elegante. As rosas ou hortênsias são perfeitas nestes casos. Nos templos góticos, as flores espigão, como o gladíolo ou a tuberosa, combinadas com o lírio ou a gerbera, são o guia que você precisa para criar um conjunto de flores com mais caule. Finalmente, as igrejas modernistas geralmente incluem arranjos mais lineares e em forma de L. Allium, anthourium, liatrix e grandes folhas verdes nunca falham!

Nos casamentos civis, as flores não têm a mesma força, mas começam a ganhar destaque. Estas celebrações enfatizam as flores que servem para enquadrar as entradas, aquelas que preenchem o caminho da noiva até ao noivo. Neste tipo de matrimónio, tem mais liberdade para brincar mais com as cores e formas das flores.

guardarIt's all about...
It’s all about…

Em casamentos pequenos ou médios, as mesas longas sem toalha, mas sim com centros florais muito selvagens, tornaram-se moda. Contudo, as mesas redondas ficam sempre fenomenais com toalhas coloridas, como rosa, pêssego, amarelo e hortelã, embora o ouro também triunfe, gerando contrastes.

Na decoração primaveril, a reflexão e inspiração da natureza estão presentes em todos os momentos da boda, atingindo um nível superior, no uso correto de centros de mesa, já que permite mais opções do que em casamentos no resto do ano. Na primavera, pode optar pelo estilo rústico, criando centros de mesa com troncos, tocos de madeira, caixas sofisticadas, espelhos e vidro, castiçais de prata ou dourados, frutas, naturezas-mortas, azulejos, vasos, garrafas, grinaldas. Tudo é válido na aventura que é escolher o centro de mesa, quando a primavera chega. Ainda mais, se tiver em conta a variedade de flores disponíveis, para melhorar o produto final.

Além disso, existem detalhes rústicos ou antigos que estão especialmente ligados à primavera. Todos eles são usados ​​para decorar cenários deste tipo, especialmente ao ar livre: bicicletas antigas, que lembram o bom tempo; os sprinklers e elementos de jardim adaptados à estética vintage; as paredes feitas com flores pastel, como rosas, peónias ou orquídeas; as velas e castiçais que sustentam as mesas e outras superfícies, exercendo um efeito romântico; caixas de vários tamanhos com aparência envelhecida; bancos de cores diferentes; baloiços e cordas de madeira. Há muitas opções que evocam o passado no meio da natureza – conceito que vem crescendo há muitos anos, graças ao surgimento constante de novas tendências e, claro, à nostalgia.

guardarGlicínia Wedding House
Glicínia Wedding House

Passo 2. Jogue com a cor da comida

Cada estação tem sua própria essência, e a variedade de alimentos é prova disso. O cardápio varia muito de acordo com a época do ano, mas a natureza gastronómica não é a única coisa relevante dos pratos e produtos numa celebração nupcial. As cores e as sensações que elas transmitem também.

Na primavera, os produtos agrícolas mais “divertidos” voltam à luz. Com o bom tempo, as frutas e legumes de cores variadas surgem em todo o seu esplendor. Desta forma, a comida torna-se num elemento decorativo, permitindo que os cocktails e banquetes entrem num estilo de casamento muito alegre, tal como a estação do ano.

A receção é um ótimo momento para as grandes criações de bartenders e profissionais de catering vingarem. Eles aproveitam as combinações de texturas, sabores e cores dos alimentos para fazer arte. É assim que aparecem os diferentes stands com alimentos sazonais, normalmente vistosos. Os sushis, mini-hambúrgueres, aperitivos servidos em jarras, ostras, doces, gelados e cocktails, como margaritas, daikiris ou piña coladas, ajudam a aplicar o espírito festivo da primavera.

Para o grande banquete, é divertido e encantador introduzir a primavera em cada um dos pratos. Desde que os especialistas aconselham produtos mais leves nessa estação, começaram a surgir pratos, como cremes de abacate, gaspacho e saladas, com as quais pode jogar de inúmeras maneiras.

Depois, vêm a carne e o peixe, acompanhados por produtos frescos e molhos marcantes, e os vegetais que, apresentados de diversas maneiras (consoante o preparo), lembram a natureza mais pura. As criações vegetarianas e veganas também têm lugar neste tipo de casamento. A aparência é natural, simples, mas sofisticada – uma ode ao mais puro e saudável -, tão representativa da primavera.

Em seguida, vêm os sorbets, de cores vivas, como o amarelo alaranjado da manga, o verde do mojito ou os vermelhos e roxos dos frutos silvestres. E, finalmente, o bolo de casamento, uma fantasia que hoje capta o melhor da natureza, aproveitando para fazer parte da decoração. O fondant branco decorado com pétalas de flores naturais é perfeito para eventos nesta categoria. Por outro lado, os naked cakes (bolos nus) ficam perfeitos, “vestidos” por diferentes produtos do país, como frutas e flores.

guardarD'licious Cakes
D’licious Cakes

Passo 3. Inclua acessórios primaveris no seu look de noiva

A primavera e as noivas geralmente dão-se muito bem! Olhando para os melhores casamentos dos últimos tempos, percebemos que esta época do ano é perfeita para casamentos e, acima de tudo, para noivas com um brilho especial, em especial, as rebeldes que, normalmente, tiram os espartilhos da tradição e procuram novas maneiras de complementar o seu vestido.

Mais uma vez, as flores fazem a diferença e servem como complemento a essa peça de vestuário que, regra geral, é composta por tecidos mais leves e vaporosos, em casamentos ao ar livre – típicos do tema country e do conceito místico da natureza-. Os cocares nesta estação são reis! Ficam lindos em cabelos soltos, que evocam aquela sensação de liberdade tão selvagem, em rabos-de-cavalo e em tranças de qualquer tipo. A principal missão da noiva é dar ao seu visual aquele toque boho. Assim, opta por usar ​​flores naturais nos diferentes tipos de penteado. Este tipo de visual floral é geralmente associado a casamentos ao ar livre em jardins e campos abertos.

guardarIdeias Vintage
Ideias Vintage

Passo 4. Adicione detalhes exclusivos

A primavera deve estar presente em toda a parte, quando se trata de organizar um casamento. Portanto, é necessário aproveitar a vida e a cor da estação, bem como todas as razões que a tornam especial, para decorar os diferentes itens. Por exemplo, os convites em aguarela são mais típicos desta temporada. As flores e folhas pintadas neste elemento de papelaria são reivindicações naturais que triunfam como ornamentos. Se for a ver bem, a pincelada lânguida da aguarela inspira a natureza mais pura. Você não pode perder um convite assim! Como já explicámos em várias ocasiões, os convites são a carta de apresentação do casamento e dão sinais de como será a restante celebração. Com esse componente natural e artístico nos seus convites, certamente todos esperarão uma viagem de sensações únicas no seu Grande Dia, o que os ajudará a preparar as suas indumentárias, de acordo com este tema.

Além disso, todos os artigos de papelaria secundários do casamento devem estar relacionados com a primavera. Se pintou os convites a aguarela, siga a mesma linha nos menus, sitting plans, entre outras coisas. Todos esses elementos, juntamente com as flores que decoram os locais de receção e os centros de mesa, farão parte de um conjunto perfeito. Se você não seguir a linha da aguarela, imprima então uma estética de primavera nesses elementos, recorrendo a flores, folhas e motivos naturais, que causam um efeito encantador.

guardarLove Stories Weddings
Love Stories Weddings

Passo 5. Aproveite os interiores e exteriores

Os casamentos na primavera são normalmente realizados ao ar livre. Nesta estação, é vital aproveitar as possibilidades do céu aberto na íntegra, seja em jardins, quintas ou terrenos delimitados no meio da natureza. As cores e a luz são essenciais para fazer a diferença, com o verde como protagonista. Este tipo de casamento nem sempre é organizado sob o sol ou as estrelas, mas todos os tipos de estruturas são usados para abrigar os diferentes eventos e fazer um híbrido entre o exterior e o interior. Na verdade, o cocktail mantém o privilégio de ser celebrado ao ar livre, mas os banquetes geralmente acontecem em varandas, salões, tendas fechadas (mas com paredes transparentes) ou tendas abertas, com todos os tipos de ornamentação.

Tanto no exterior como no interior, são utilizadas luzes difusas que iluminam os espaços verdes de uma forma simples. Nos jardins, as diferentes guirlandas são colocadas entre as árvores e ao seu redor. Também é ótimo aproveitar as plantas e flores existentes, para adicionar mais elementos da natureza à boda, como pequenas árvores em vasos, arbustos, cestos com flores e diferentes ornamentos florais, nas cadeiras dos convidados. Para completar, nada como uma sequência de motivos vintage e rústicos que dão logo outro ar a qualquer espaço.

guardarIt's all about...
It’s all about…

E já que vai casar na primavera, pense em levar um bouquet de estilo boémio. No fim, agradeça aos seus convidados, surpreendendo-os, de cinco formas.

Descubra também as melhores dicas de decoração de casamento para que o seu dia brilhe com maior intensidade!

E para ajudá-la na organização

Descarregue o nosso ebook

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

It's all about... Fotógrafos e vídeo
Glicínia Wedding House Quintas casamentos
D'licious Cakes Bolos de noiva
Publicidade

Dê-nos a sua opinião